‘Meu amor, acorda’, gritou suspeito de jogar mulher do 4º andar

Testemunhas viram a vítima “debruçada no parapeito da varanda chorando bastante e com a cabeça abaixada”

“Meu amor, acorda”, teria gritado Luis Felipe Manvailer, de 32 anos, ao recolher o corpo da sua esposa após uma queda de quatro andares. O relato é de uma testemunha ouvida pela Polícia Civil de Guarapuava, na região central do Paraná. Na madrugada de domingo (22), Tatiane Spitzner, de 29 anos, foi encontrada morta em um apartamento no Centro da cidade.

De acordo com o G1, dois vizinhos ouvidos pela polícia disseram que viram a vítima “debruçada no parapeito da varanda chorando bastante e com a cabeça abaixada”. Em seguida, ouviram um forte barulho e, ao voltarem para a sacada, viram Tatiane caída na calçada.

“Na janela presenciaram o marido da vítima juntando ela lá embaixo, desacordada ou já morta, gritando: ‘Meu amor, acorda’ e em seguida carregou a vítima para dentro do edifício”, alega um dos vizinhos em depoimento.

Ainda segundo a reportagem, as testemunhas disseram aos policiais que não sabem precisar se a vítima se jogou da janela, ou se foi jogada.

Fonte: noticiasaominuto

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário