Ministério Público denuncia cinco por chacina em Colniza

O Ministério Público Estadual de Mato Grosso formalizou nesta segunda-feira (15) denúncia contra um madeireiro e outros quatro homens acusados de terem planejado e executado a chacina que matou posseiros e trabalhadores rurais em Colniza (MT).

Os cinco são acusados de formação de milícia privada conhecida como “encapuzados” e homicídio qualificado. A motivação do crime, cometido em 19 de abril, seria extrair madeira da área em disputa e em seguida apossá-la.

Apontado como mandante, Valdelir João de Souza, o “Polaco Marceneiro”, é dono de duas madeireiras em Machadinho D’Oeste (RO), a cerca de 230 km de terra da agrovila Taquaruçu do Norte, região da chacina. Ele está foragido.

Fonte: uol.com

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário