Blairo Maggi estaria incomodado com sua inclusão na lista de investigados da Operação Lava Jato, pelas delações da Odebrecht.

Incomodado por integrar a lista de investigados da Operação Lava Jato, pelas delações da Odebrecht, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, procurou o presidente Michel Temer para colocar seu cargo à disposição. O chefe do Executivo nacional, porém, recusou o pedido, sob justificativa de que confiava na inocência e capacidade de Maggi, que aceitou continuar na liderança da pasta.

Blairo Maggi se considera injustiçado pela acusação e quis deixar o presidente à vontade, abrindo mão do posto.

Na delação, o chefe da Agricultura é acusado de receber R$ 12 milhões da Odebrecht na campanha para o governo de Mato Grosso, em 2006. Ele nega as acusações.

As informações são da coluna dos jornalistas Andreza Matais e Marcelo de Moraes no jornal O Estado de S. Paulo.

Painel Político

Painel Político

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *