Monica Iozzi ironiza juiz Sérgio Moro no Instagram

Crítica à operação Lava Jato, a atriz publicou uma foto em que o magistrado aparece rindo ao lado do tucano Aécio Neves, junto à legenda: Super-Moro

São Paulo – A atriz Monica Iozzi usou seu Instagram na manhã desta sexta-feira (6) para ironizar o juiz federal Sérgio Moro, que expediu o pedido de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ontem. Crítica à operação Lava Jato e simpatizante da esquerda, Monica publicou uma foto em que o magistrado que conduz a operação aparece rindo ao lado do tucano Aécio Neves.

Também estão na imagem o governador de São Paulo e pré-candidato à presidência, Geraldo Alckmin, e o presidente Michel Temer. Acima da foto, em letras garrafais, uma legenda: “Super-Moro”.

“Viva Moro! Tenho certeza que, assim que Temer, Aécio e Alckmim perderem o foro privilegiado, ele prende os três”, escreveu.“Ah! E o Serra também! O ex-presidente da Odebrecht disse pra Lava-Jato que deu 52 milhões de reais pro José Serra. Certeza que o Moro vai mandar prender o Serra também”.

A atriz disse ainda que está “indo dormir tranquila”, chamou Moro e os ministros do STF de “honestos, imparciais, nossos heróis” e disse que eles vão “acabar com a corrupção no Brasil”. Confira o post completo a seguir:

Viva Moro! Tenho certeza que assim que Temer, Aécio e Alckmim perderem o foro privilegiado, ele prende os três! Ah! E o Serra também! O ex-presidente da Odebrecht disse pra Lava-Jato que deu 52 milhões de reais pro José Serra. Certeza que o Moro vai mandar prender o Serra também. O Lula foi só o primeiro. Olha só o estardalhaço que fizeram pra prender o Lula! De boa… Imagina 52 milhões do Serra na Suíça, velho!!! Agora o Moro vai pegar todo mundo, vocês vão ver… Ufa! To indo dormir tranquila, esse cara + o STF vão acabar com a corrupção no Brasil. Honestos, imparciais, nossos heróis! Juro que até o ano que vem tá todo mundo na cadeia. Afinal de contas, primeiro a gente tirava a Dilma, né? Agora vai!

Uma publicação compartilhada por Monica Iozzi (@monica.iozzi) em

Um decreto do juiz federal determinou, na tarde da última quinta-feira (05), a prisão do ex-presidente. O petista tem até às 17h de hoje para se apresentar à Polícia Federal em Curitiba. O ex-presidente foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

Fonte: exame

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário