Morre em Porto Velho o professor Pedrão Amorim, uma lenda do basquete

Treinador de diversas equipes de basquete – e ele mesmo um reconhecido atleta da modalidade-, Pedrão morreu no Hospital da Unimed, em Porto Velho, vítima de um ataque cardíaco

Morreu no início da noite desta sexta-feira, em Porto Velho, o professor de educação física Pedro Ferreira de Amorim, o Pedrão, um dos mais destacados desportistas de Rondônia e uma lenda no basquetebol do Estado. Atualmente ele era professor do Colégio Dom Bosco e técncio da equipe de basquete daquela instituição de ensino.  Pedrão iria completar 54 anos no dia 29 de setembro deste ano.

Treinador de diversas equipes de basquete – e ele mesmo um reconhecido atleta da modalidade-, Pedrão morreu no Hospital da Unimed, em Porto Velho, vítima de um ataque cardíaco. Ele passou mal quando saia de moto de sua casa e chegou vivo ao hospital, mas não resistiu e acabou morrendo.

Em nota, o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, lamentou a morte do professor e destacou seu papel no fortalecimento do esporte no município e no Estado.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário