Motim em presídio do Pará durou 10 horas; 2 agentes foram feitos reféns

Rebelião acabou às 2h30 após negociação com juiz estadual

Terminou às 2h30min o motim de detentos do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará II (CRPPII), em Santa Izabel do Pará, no nordeste do estado, na madrugada desta segunda-feira (15). A rebelião iniciou às 16h30 de domingo (14), após a visita, no momento que os portões estavam sendo trancados. Dois agentes prisionais foram feitos reféns.

Os presidiários reclamavam da superlotação e reivindicaram a presença de um juiz estadual para que pudesse chegar a um acordo para liberar os agentes penitenciários feitos reféns.

De acordo com a Susipe, o motim acabou às 2h30 da madrugada, com a liberação dos reféns após negociação com o juiz João Augusto da vara de execuções penais da Região Metropolitana de Belém, na qual foi garantido pelo magistrado a revisão processual dos internos e um atestado de pena a cumprir.

Ainda de acordo com a Susipe, a rebelião foi motivada pelo reforço da vigilância na casa penal, depois que dois planos de fuga foram frustrados no último final de semana. A Susipe informou, ainda, que a unidade penal passará por revista durante toda a manhã desta segunda-feira com o apoio da Polícia Militar.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário