MP-SP ajuíza ação contra Gilberto Kassab por improbidade administrativa
MPE 

O Ministério Público de São Paulo ajuizou quatro ações por atos de improbidade administrativa contra ex-prefeito da capital paulista e atual ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, e outras cinco pessoas no âmbito de um acordo com a Odebrecht, que admitiu a prática de ilícitos.

A empresa afirma que, entre 2008 e 2012, repassou a Kassab mais de R$ 21 milhões, a valores da época, como caixa 2. O acordo com a empresa precisa de homologação do Judiciário.

As demais ações envolvem dois ex-secretários de Kassab Orlando de Almeida Filho (Habitação) e Elton Santa Fé (Controle Urbano) e o ex-vereador Francisco Chagas.

Na ação específica contra o ministro, os promotores pediram à Vara da Fazenda Pública que torne indisponíveis, liminarmente, cerca de R$ 85 milhões do ex-prefeito, o que equivale à quantia que ele recebeu da empresa e uma multa de três vezes esse valor. Com informações da Assessoria de Imprensa do MP-SP.

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário