Uma das vítimas teria assassinado o pai da suspeita em uma festa há quase 20 anos. Ela está foragida.

Uma mulher ainda não identificada está foragida e é a principal suspeita de matar dois homens na sexta-feira (11) em Floriano, 244 km de Teresina. Identificados como Fabrício da Costa Reis, 37 anos e Douglas da Silva, 18 anos, os dois eram pai e filho. Segundo o delegado Bruno Oliveira, responsável pela investigação, Fabrício teria matado o pai da suspeita há 18 anos.

“Uma testemunha contou que a vítima teria matado o pai dessa mulher em uma discussão durante uma festa há 18 anos. Ele inclusive ficou preso 12 anos por esse crime, já tinha sido baleado em uma tentativa de homicídio e todos diziam que ela ia novamente tentar matá-lo”, disse o delegado.

No crime dessa sexta-feira, a mulher estava acompanhada de outro homem, que disse ter sido ela a autora dos disparos e que ela teria fugido com a arma usada no duplo homicídio. A polícia ainda vai apurar a afirmação.

“Esse homem chegou a ser baleado, porque as vítimas reagiram. Então ele está preso, mas ainda está no hospital porque precisou passar por cirurgia. A arma não encontramos e ele disse que ela fugiu levando”, disse.

A polícia ainda não tem informações sobre a localização da suspeita. A mulher já tem passagens pela polícia por tráfico. As duas vítimas, além do registro do homicídio, não possuem registro de envolvimento com outros crimes.

Fonte: g1

Painel Político

Painel Político

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *