Mulher seduz e leva para cama o filho de 15 anos da amiga: “Aconteceu”

Lucy Haughey, de 36 anos, se meteu em uma grande polêmica e está na mira da Justiça inglesa desde o ano passado. Mãe de três crianças, ela teve um caso com um adolescente de 15 anos. O garoto, que era virgem, é filho de uma “amiga” de Lucy. Após um longo embate com a Justiça, ela admitiu ter transado com o menor e agora compõe a lista de infratores sexuais do Reino Unido.

Lucy, que mora em Glasgow, Escócia, no Reino Unido, já tinha sido destaque na mídia por participar de um reality show culinário e voltou a ser manchete de jornais após o escândalo envolvendo o adolescente .

Lucy conheceu o garoto por causa da amiga e o adicionou nas redes sociais. Ela então o convidou para ir até a casa dela. Ele topou. O encontro aconteceu em junho de 2016, segundo informações divulgadas pelo Daily Mail.

No tribunal, Lucy revelou como o adolescente despistou a mãe naquele dia. “Ele falou que iria jogar futebol”. Ao invés disso, o garoto foi para a casa da “amiga” da mãe.

Eles ficaram conversando por um tempo antes de Lucy chamá-lo para o quarto. Após o sexo, ela mandou uma mensagem, onde se gabava: “Fico feliz que tenha sido comigo e não com alguma pessoa esquisita”. Em seguida, pediu que apagasse a conversinha deles da web.

Tempos depois, Lucy abriu o jogo para uma amiga. Contou os detalhes do que rolou entre ela e o adolescente e disse “ser uma pessoa ruim”. “Ele queria iniciar a vida sexual, sou especialista, aconteceu”, disse. Quando a amiga perguntou se a mãe do menino sabia, Lucy disparou: “Não. Ela nunca pode saber”. Segundo a mulher, o adolescente queria novamente, mas ela recusou o pedido.

O adolescente quebrou o silêncio no tribunal, começou a chorar e também admitiu manter relações sexuais com a acusada. Barry Divers, autoridade que cuida do caso, adiou o julgamento, mas já colocou Lucy no registro de infratores sexuais do país.

 

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário