Mulher tenta matar marido com água fervente após ser agredida com socos

Caso aconteceu em Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai em MS

Uma mulher de 36 anos tentou matar o marido enquanto ele dormia na madrugada deste domingo (5) e depois ligou para polícia para se entregar. O caso aconteceu em Ponta Porã, cidade sul-mato-grossense na fronteira do Brasil com o Paraguai. Depois de ser agredida a socos pelo marido, ela colocou água para ferver e jogou no marido que estava dormindo.

O caso aconteceu no bairro Jardim Planalto, por volta da 1h (de MS). Segundo o boletim de ocorrência, a mulher disse que horas antes foi agredida pelo companheiro no meio da rua com vários socos e empurrões e chegou a cair no chão durante as agressões.

Em seguida, o marido foi para a casa do casal e dormiu, momento em que a mulher colocou cerca de 4 litros de água para ferver e depois jogou o líquido quente sobre o corpo do marido.

O homem caiu da cama ao ser atingido pela água fervente e a mulher buscou ajuda dos vizinhos para socorrer o marido. Ele foi levado para o Hospital Regional de Ponta Porã, onde permanece internado na sala vermelha com queimadurasde primeiro e segundo graus.

A mulher ainda disse que convive com o marido há cerca de três meses e que as brigas são constantes entre eles. Ela apresentava lesões na boca.

O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã como lesão corporal dolosa – violência doméstica. A mulher foi ouvida e liberada porque, segundo o boletim de ocorrência, devivo à condição de apresentação espontânea da suspeita, o auto de prisão em flagrante foi dispensável.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário