Na Venezuela, carne e sabão em pó custam oito salários mínimos

Em Caracas e Vargas, os preços das carnes bovina e de frango varia de 2 a 3 milhões de bolívares, que as tornam artigos de luxo

O preço do quilo da carne ou um pacote de sabão em pó custa mais de oito salários mínimos na Venezuela. Pesquisa do jornal El Nacional mostrou que, para comprar um quilo de carne bovina em Caracas, é necessário desembolsar 2.245.000 bolívares. No caso do sabão, a caixa custa em torno de 3 milhões de bolívares. O salário mínimo no país, está atualmente em 392.646 bolívares.

Em alguns Estados, o valor do frango supera os 3 milhões de bolívares (aproximadamente 155 reais). Na Venezuela, as carnes são considerada produtos de luxo no país. O país enfrenta o desabastecimento e elevada inflação há pelo menos cinco anos, em decorrência de suas políticas econômicas. Filas diante de supermercados são constantes.

O jornal local do estado de Vargas La Verdade mostrou que o preço da carne pode ultrapassar em oito vezes o salário mínimo e que, a cada nova entrega de fornecedores aos comerciantes, há aumento de 50% a 100%.

“Aqui tentamos manter os preços porque em outros lugares eles são mais altos. A situação já é crítica porque há poucas pessoas que podem comprar um quilo, apenas compram um ou dois bifes porque é isso que o seu orçamento permite”, contou o comerciante Ignacio Correia ao jornal local.

De acordo com os jornais, os agricultores atribuem o aumento dos preços à seca. Mas há igualmente travas à importação de produtos essenciais, provocadas pela política cambial e pela inadimplência e atraso em pagamentos aos exportadores.

Bolívar soberano
Começa no dia 1 de maio o processo de conversão da moeda venezuelana, o Bolívar Forte, para o Bolívar Soberano. A nova moeda terá três zeros menos e entrará em circulação em 4 de junho, mas o comércios já deve começar a partir de amanhã a mostrar as precificações nas duas moedas aos consumidores. Segundo o El Nacional, o macarrão, que custa 695.000 em bolívar forte, apresenta o valor de 695 de bolívar soberano.

De acordo com o jornal El Universal, o propósito da mudança monetária é facilitar o manejo de cifras pequenas e o registro de todas as transações que ocorrem no território nacional, além de mudar a percepção da população sobre a evolução dos preços. Segundo o Fundo Monetário Internacional, a inflação na Venezuela já se encontra próxima de 14.000%.

Fonte: veja

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário