Nasa diz que pode haver vapor de água em lua de Júpiter

O fato faz com que aumente a possibilidade de encontrarmos vida por lá e só foi descoberto a partir de observações do telescópio Hubble

A Nasa (Agência Espacial Norte-Americana) anunciou nesta segunda-feira (26) que a Europa, uma das mais interessantes luas de Júpiter, pode emitir vapores de água (uma espécie de gêiser). O fato faz com que aumente a possibilidade de encontrarmos vida por lá e só foi descoberto a partir de observações do telescópio Hubble.

De acordo com a publicação do portal UOL, a descoberta também traz a possibilidade de futuras missões serem capazes de colher amostras da água do planeta sem a necessidade de pousar e perfurar o gelo da superfície desta lua, que deve ter aproximadamente, 100 km de espessura.

“O oceano de Europa é considerado um dos lugares mais promissores para encontrar vida em nosso Sistema Solar. Estas plumas, se realmente existirem, podem fornecer uma nova maneira de colher amostras da superfície da Europa”, afirmou Geoff Yoder, administrador associado da diretoria de missões científicas da Nasa em Washington.

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário