Nazif afirma que presidente da CPL foi ameaçado de morte
[su_frame align=”right”] [/su_frame]Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira em Porto Velho, o prefeito Mauro Nazif (PSB) reagiu contra as pressões realizadas por grupos políticos e sindicais nas últimas horas com relação a impasses no sistema de transporte coletivo. Mesmo não declinando nomes, ele afirma que há pessoas contra o Município defendendo algum interesse, possivelmente referindo-se a políticos que acamparam em frente a sede da Prefeitura protestando contra decisões possíveis demissões no setor.
Nazif afirmou que as pressões são grandes e que até mesmo o presidente da comissão de licitação da Prefeitura, Sávio Brito, foi ameaçado de morte “pelos fatos que estão acontecendo”. O prefeito afirmou que mesmo com essa situação, “nós não vamos abrir mão dos trabalhadores nem do transporte coletivo. Aqueles que são contra o Município de Porto Velho estão defendendo alguns interesses que serão revelados ao final. Estamos partindo reto para a concretização do ato porque as empresas que ai estão não cumprirem o que está no contrato”, disse.

Sobre a possibilidade de demissões no setor de transporte, o prefeito declarou que em reuniões com o sindicato afirmou que os empresários deverão se sentar com o sindicato no momento certo. Ele também entende que a empresa nova é bem melhor pegar os profissionais atuais. Sobre os débitos das atuais concessionárias é uma questão que também deverá ser discutida, mas no futuro, ponderou.

 

As informações são do Rondoniagora

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário