Nestor Cerveró liga Lula a empréstimo de R$ 12 mi investigado na Lava Jato

Segundo o site O Antagonista, Lula nomeou Nestor Cerveró para a diretoria financeira da BR Distribuidora “como reconhecimento” por sua ajuda no contrato da Petrobras com a Schahin.

A propina da Schahin foi usada para saldar o empréstimo de 12 milhões de reais em nome de José Carlos Bumlai e destinado ao PT.

Mas não foi só isso.

O próprio José Carlos Bumlai confessou que os repasses do banco Schahin ao PT totalizaram 60 milhões de reais. E o gerente geral da Petrobras, Eduardo Musa, disse à Lava Jato que a propina negociada por Nestor Cerveró com a Schahin foi usada para quitar 60 milhões de reais em dívidas da campanha de Lula, em 2006.

O reconhecimento de Lula, portanto, foi maior do que aqueles 12 milhões de reais emprestados a José Carlos Bumlai. Foi exatamente cinco vezes maior.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *