No dia da mulher, marcha protesta em frente ao Tribunal da Lava Jato

Grupo caminhou pelas ruas de Porto Alegre nesta quinta-feira, 8, contra a ‘seletividade’ da Justiça

Mulheres do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MST) marcharam nas ruas de Porto Alegre nesta quinta-feira, 8, no Dia Internacional de Luta das Mulheres. O grupo parou em frente à sede do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), que julga, entre seus processos, apelações da Operação Lava Jato.

A marcha foi acompanhada pela Brigada Militar. As mulheres protestaram contra a ‘seletividade da Justiça’, contra o machismo, o racismo e contra a reforma trabalhista que entrou em vigor em novembro do ano passado.

“Quem não se movimenta, não sente as correntes que o prendem”, dizia uma das faixas.

Políticos também foram alvo do protesto.

Há pouco mais de um mês, o Movimento participou de protestos em Porto Alegre.

Em 24 de janeiro, o TRF-4 condenou o ex-presidente Lula a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro no caso triplex.

O MST repudiou a decisão do Tribunal da Lava Jato, e destacou o ‘desprezo’ do Judiciário com a democracia brasileira.

Fonte: O Estado de S. Paulo

 

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário