Número de mortos em incêndio nos Estados Unidos chega a 36

As autoridades estão reunindo todas as informações para estabelecer as ações contra os culpados pelo incêndio e pela morte de  pessoas

Subiu para 36 o número de mortos em um coletivo de artistas – conhecido pelo nome de Ghost Ship (navio fantasma) – que pegou fogo de sexta-feira (2) para sábado (3) em Oakland, uma cidade da baía de San Francisco, no estado da Califórnia. O incêndio foi o maior dos últimos dez anos nos Estados Unidos.

Os bombeiros e socorristas continuam tentando descobrir e resgatar mais corpos. As pessoas que morreram eram, em sua maioria, jovens entre 17 e 30 anos que participavam de uma festa no local.

Enquanto o trabalho dos bombeiros prossegue, as autoridades iniciam as investigações sobre as causas do acidente. O que as autoridades sabem até agora é que o coletivo de artistas foi montado em um prédio que antes funcionava como armazém.

O prédio já estava sob observação das autoridades semanas antes do incêndio porque violava uma série de itens do código de construção da Califórnia. Não havia também autorização para que pessoas residissem no prédio No entanto, várias pessoas lá moravam.

Por último, o prédio, que tinha 929 metros quadrados, também não tinha sprinklers ou detectores de fumaça,

As autoridades estão reunindo todas as informações para estabelecer as ações contra os culpados pelo incêndio e pela morte de  pessoas.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário