Ônibus articulados são inviáveis para Porto Velho; é jogar para a galera

O prefeito Mauro Nazif (PSB), em uma jogada para tentar salvar a lambança que vem ocorrendo no transporte coletivo da capital, causada por ele próprio, decidiu jogar para a galera e começou a mostrar um ônibus articulado que deverá atender à população. Não vai funcionar. É golpe. Os articulados não cabem em nossas ruas, no máximo conseguirá transitar, por alguns meses na Avenida Jorge Teixeira. São verdadeiros trambolhos que precisam de terminais especiais e uma pista só para eles.

Roberto Sobrinho, para justificar um reajuste nas tarifas no passado, usou a mesma tática, a diferença foi que ao invés de ônibus articulados, ele usou veículos com ar-condicionado. A frota, que deveria ser de 100% em determinado período, simplesmente sumiu após 3 meses de circulação. O então prefeito alegou que “o ar-condicionado ajudava na proliferação de gripe e outras doenças”. A população ficou com sucatas.

O Ministério Público precisa intervir urgentemente nesse processo de transporte da prefeitura. É golpe.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário