O Ministério Público do Estado de Rondônia, pela Promotoria de Justiça de Cerejeiras, em parceria com as Polícias Civil e Militar, deflagrou hoje, 13 de outubro, a Operação Cadente.

A investigação levou à descoberta de uma sólida associação criminosa instalada na Prefeitura de Corumbiara, que se destacou na prática de crimes de falsidade ideológica, uso de documento falso, fraude a licitação e peculato, a qual contava com a efetiva participação de empresário e agentes públicos.

Os trabalhos investigativos iniciaram em julho de 2015 e tiveram como foco a contratação da empresa E.F. FRANCO (nome fantasia PEKE PINTURAS), que deveria executar obras de cascalhamento e recuperação de vias na zona rural de Corumbiara. A empresa pertence a Edson Ferreira Franco.

Descobriu-se que Evandro Luis Santos, chefiava a comissão de licitações da Prefeitura de Corumbiara e era representante da empresa em várias licitações que ela concorria no cone-sul. Evandro presidiu o processo licitatório em que fraudulentamente a E.F. FRANCO foi vencedora para prestar os serviços de cascalhamento. Edson e Evandro tiveram prisão decretada.

Também foi decretada a prisão de Antonio Alves de Macedo, ex-Secretário de Obras do Município, que atestou a existência e autorizou pagamentos de serviços inexistentes. Foi descoberto que alguns caminhões não prestaram os serviços contratados, porém, receberam integralmente pelas obras fictícias. O valor total da contratação foi de R$ 218.400,00.

As medidas de prisões, afastamento de função pública, buscas e apreensões e proibições de acesso a órgãos públicos foram emitidas pela 1ª Vara da Comarca de Cerejeiras. O nome da operação (Cadente) faz referência a algo que está em plena queda.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário