Operação do MP prende 22 assessores parlamentares; mas foi o MP do Mato Grosso

Servidores do legislativo são acusados de corrupção; operação está sendo realizada pelo GAECO

Mais uma ação policial no meio político de Mato Grosso está sendo desencadeada na manhã desta quarta-feira em Cuiabá. O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual (MPE), está realizado a Operação Metástase, que visa o cumprimento de 22 mandados de prisão temporária que foram expedidos pela Vara de Combate ao Crime Organizado. A operação é realizada em conjunto com o Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa. Ex-assessores parlamentares são alvos.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]O Ministério Público do Estado informou que as investigações indicam a realização da “prática dos crimes de constituição de organização criminosa, peculato e falsidade documental que teriam sido perpetrados na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso”.

Além dos 22 mandados de prisão temporária, estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão e pessoas estão sendo intimadas para depor.

Estão envolvidos na operação 80 agentes públicos, entre promotores de justiça, delegados, poilicias militares e civis e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar.

Um dos servidores de carreira da Assembleia Legislativa, já detido é Geraldo Lauro, que atua na Comissão de Licitação da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Neste ano ele já havia sido foi arrolado como testemunha de defesa de o ex-deputado estadual José Riva (ex-presidente da Casa de Leis) na ação proveniente da operação Imperador, que levou à prisão de Riva. A investigação aponta esquema de fraudes de R$ 63 milhões na aquisição de materiais de escritório e papelaria.

O MPE confirmou que os depoimentos das pessoas detidas durante a operação Metástase serão coletados ao longo do dia de hoje e também pelos próximos dois dias.

VEJA A LISTA DOS ALVOS DA OPERAÇÃO

1 – Laís Marques de Almeida
2 – Ana Martins de Araújo Pontelli
3 – Atail Pereira dos Reis
4 – Frank Antônio da Silva
5 -Marisol Castro Sodré
6 – Leonice Batista Oliveira
7 – Mário Márcio da Silva Albuquerque
8 – Maria Hlenka Rudy
9 – Felipe José Casaril
10 – Willian César de Moraes
11 – Geraldo Lauro
12 – José Paulo Fernandes de Oliveira
13 – João Luquesi Alves
14 – Sérvio Túlio Migueis Jacob
15 – Agenor Jácomo Clivanti Júnior
16 – Tânia Mara Arantes Figueira
17 – Hilton Carlos da Costa Campos
18 – Talvany Neiverth
19 – Maria Helena Ribeiro Ayres Caramelo
20 – Vinicius Prado Silveira
21 – Abemael Costa Neto

FORAGIDO
Odnilton Gonçalo Carvalho Campos

Com informações do 24horasnews

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário