Padre Ton, presidente estadual do PT, tem a candidatura impugnada

Ele pretende ser vice-prefeito em Alto Alegre dos Parecis

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores em Rondônia, Mariton Holanda, também conhecido como “padre Ton” por ter sido celibatário durante anos, teve o registro de candidatura impugnado no último dia 18. Ele tem até o dia 25 para apresentar recurso.

O motivo da impugnação foi uma condenação por improbidade administrativa da época em que foi prefeito de Alto Alegre (ele comandou a cidade por duas vezes). Ton teria pintado muros e obras do município com a estrela do PT.

Mariton quer ser vice do candidato do PMDB, Marcão.

Padre Ton também foi deputado federal pelo PT.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário