Palco Giratório: Confira a programação para o final de semana

[su_frame align=”right”] [/su_frame]O Festival Palco Giratório traz programação especial para o final de semana prolongado. Dez atividades acontecem durante o período. Nesta sexta-feira (04) serão apresentados dois espetáculos. O primeiro é o infanto juvenil “Nina, o monstro e o coração perdido” do Grupo Clareira de Teatro (RS) e logo em seguida tem a Companhia Gira Dança (RN) que mostra acessibilidade e arte com o espetáculo de dança contemporânea “Sobre todas as coisas”.

No sábado a Gira Dança volta ao palco com o espetáculo “Proibido Elefantes” e no domingo a Companhia participa do Pensamento Giratório, espaço aberto para discussão do processo criativo dos grupos e que permite a troca de experiências entre público e artistas. A companhia tem como proposta artística ampliar o universo da dança através de uma linguagem própria, utilizando o conceito do corpo diferenciado como ferramenta de experiências. Criada em Natal (RN) em 2005 pelos bailarinos Anderson Leão e Roberto Morais, teve sua estreia nacional na Mostra Arte, Diversidade e Inclusão Sociocultural, realizada no Rio de Janeiro, em maio de 2005 e, desde então, tem apresentado em palcos de todo o Brasil um trabalho que rompe preconceitos, limites pré- estabelecidos e cria novas possibilidades dentro da dança contemporânea. O Festival Palco Giratório abre espaço para esta discussão necessária e que precisa ser ampliada.

Domingo tem início a oficina “o ator e a manipulação direta” com o grupo Catibrum Teatro de Bonecos (MG). A inscrição é gratuita e pode ser feita na Central de Atendimentos do Sesc Esplanada. Ainda no domingo tem os espetáculos “O macaco e a boneca de piche” e “No buraco”, com o grupo Etc e Tal (RJ). Segunda-feira, feridado, o grupo Etc e Tal  ministra a oficina de mímica “O humor no silêncio” e apresenta mais dois espetáculos: “O macaco e a boneca de piche” e Fulano & Sicrano. Confira a programação completa.

No domingo tem início a oficina “o ator e a manipulação direta” com o grupo Catibrum Teatro de Bonecos (MG). A inscrição é gratuita e pode ser feita na Central de Atendimentos do Sesc Esplanada. Ainda no domingo tem os espetáculos “O macaco e a boneca de piche” e “No buraco”, com o grupo Etc e Tal (RJ).

No feriado de segunda-feira o grupo Etc e Tal (RJ) ministra a oficina de mímica “O humor no silêncio” e apresenta mais dois espetáculos: “O macaco e a boneca de piche” e Fulano & Sicrano. Confira a programação completa.

Programação: 04/09 (sexta-feira)

Espetáculo: Nina, o monstro e o coração perdido

Grupo: Clareira de Teatro (RS)

Data: 04/09/2015 (sexta-feira)

Horário: 19h

Indicação: Iivre

Duração: 60 minutos

Local: Teatro Estadual Palácio das Artes

Sinopse: Nina, o monstro e o coração perdido conta a história de uma menina que se desfaz do seu coração para não mais sentir tristeza. É um texto delicado e poético que fala sobre a necessidade de lidar com os sentimentos. Para abordar esse assunto de forma dinâmica e encantada, a peça ora utiliza a linguagem de contadores de histórias, ora a própria encenação da jornada de Nina e dos percalços do seu amigo Monstro em busca do coração perdido. Uma aventura que satisfaz a necessidade infantil da fantasia, sem deixar de proporcionar vivências importantes para o desenvolvimento da criança.

Espetáculo: Sobre todas as coisas

Grupo: Gira Dança (RN)

Data: 04/09/2015 (sexta-feira)

Horário: 20h

Indicação: Livre

Duração: 40 minutos

Local: Teatro Guaporé

Sinopse: A condição humana e suas fragilidades. Quando podemos dizer que somos ou não normais? O que é normal? O que é anormal? Como conviver de maneira natural com o diferente? Até onde vão a capacidade de superação de um ser e a incapacidade de aceitação de outro? A condição física é um mero detalhe; a condição mental é o que muda o homem e o mantém em circunstâncias de altear o que lhe parece trágico e frágil.

Não existe o frágil, existe um meio que fragiliza o outro (o ser). Essa é a proposta do espetáculo Sobre todas as coisas, no qual os bailarinos da Cia. Gira Dança irão contrapor o frágil da sociedade, o frágil do ser humano ou o meio que o torna assim.

Programação 05/09 (sábado)

Espetáculo: Proibido Elefantes

Grupo: Gira Dança (RN)

Horário: 20h

Indicação:14 anos

Duração: 55 minutos

Local: Teatro Guaporé

Sinopse: Proibido Elefantes é um espetáculo que fala do olhar como via de acesso, porta de entrada e saída de significados. O modo como percebemos a “realidade” é resultante do diálogo que estabelecemos com ela: nosso olhar é constituído pela realidade da mesma maneira que esta é constituída pelo nosso olhar – a construção do sentido transita em via de mão dupla. O olhar enquanto apreensão subjetiva do mundo é apontado como elemento potencializador do sujeito diante do mesmo. Proibir elefantes é restringir o acesso, impedir o livre trânsito do animal que serve como meio de transporte na Índia, mas causaria enormes transtornos em outras localidades. Proibir elefantes, neste espetáculo, é proibir o olhar que ressalta as limitações, os impedimentos, e que duvida da capacidade do sujeito frente à adversidade. Além disso, também é apostar no olhar do sujeito sobre si mesmo e sobre o mundo em que vive como elemento ressignificador e instaurador da realidade.

Programação 06/09 (domingo)

Pensamento Giratório com a Companhia Gira Dança (RN)

Horário: 15h às 17h

Local: Sesc Esplanada

Endereço: Presidente Dutra, 4175 – Olaria

Espetáculo: O macaco e a boneca de piche

Grupo: Etc e Tal (RJ)

Horário: 16h

Indicação: livre

Local: Teatro Estadual Palácio das Artes

Sinopse: O ETC. E TAL invade o universo dos contos populares e apresenta aos pequenos aquela que é uma das histórias mais contadas do imaginário popular, “O Macaco e a Velha”. Conta a saga de uma velhinha que comete loucuras por um cacho de bananas e um macaco que resolve comer todas as frutas do quintal. A peça é encenada com a técnica da ‘pantomima literária’, que alia narração simultânea (Melissa Teles-Lôbo) e ação em mímica (Marcio Moura).

Espetáculo: No Buraco

Grupo: Etc e Tal (RJ)

Horário: 20h

Indicação: livre

Local: Teatro Guaporé

Sinopse: Uma comédia que mergulha na linguagem da não-palavra e da mímica ilusória. São de 5 diferentes histórias apresentadas pelo ETC E TAL nesta obra sem texto onde silêncio não é predominante. Protagonizado pelos 3 cômicos do grupo, o espetáculo conta com a visão de cena do espectador, sempre parcial, nunca enxergando o corpo inteiro dos atores fazendo com que através da ilusão da mímica tenhamos inusitadas situações criadas pelo anteparo de um biombo de 1 metro de altura e 7 metros de comprimento.

Programação 07/09/2015 (segunda-feira)

Data: 07 e 08/09/2015

Oficina “O ator e a manipulação direta” com o grupo Catibrum Teatro de Bonecos (MG)

O foco é a necessidade da formação de ator para manipulação direta de bonecos e objetos. Os alunos passarão por várias etapas como a construção do boneco neutro, a preparação do corpo do ator, a voz, a manipulação/interpretação e a cena.

Público-alvo: Atores e manipuladores

Número máximo de participantes: 20

Horário: 9h às 12h; 14h às 18h

Local: Tapiri – O Imaginário

Endereço: Rua Franklin Tavares, 1353 – Pedrinhas

Data: 07/09/2015 (segunda-feira)

Oficina de mímica: “O humor no silêncio” com o grupo Etc e Tal (RJ)

Aborda a linguagem da mímica e comicidade utilizadas na construção estética da companhia ETC E TAL.

Público-alvo: Profissionais e estudantes de artes cênicas

Número máximo de participantes: 20

Horário: 13h às 16h

Local: Palácio das Artes – Sala de ensaio

Endereço: Av. Presidente Dutra, 4183 – Olaria

Espetáculo: O macaco e a boneca de piche

Grupo: Etc e tal (RJ)

Horário: 15h

Indicação: livre

Local: Teatro Estadual Palácio das Artes

Espetáculo: Fulano & Sicrano

Grupo: Etc e tal (RJ)

Data: 07/09/2015 (segunda-feira)

Horário: 20h

Indicação: livre

Local: Teatro Guaporé

Sinopse: O som das cores confirma como a magia do teatro de animação pode ser transformada em uma trama envolvente. Inspirado em famosas fantasias literárias, o espetáculo conta a história da jovem Lúcia, que se aventura no mundo do impossível. Do subterrâneo das estações de metrô ao universo infinito de sua imaginação, ela terá que enfrentar seus medos e todos os seus inimigos. Um espetáculo para todas as idades. Vencedor dos prêmios de melhor texto original e melhor cenário do Prêmio Sinparc em 2014.

A programação do Palco Giratório continua até o dia 27 de setembro. Para assistir os espetáculos estão disponíveis ingressos para uma hora antes das apresentações e pode ser trocado por um quilo de alimento não perecível ou material de limpeza. O Festival Palco Giratório é uma realização do Fecomércio Rondônia Sesc/Senac/IFPE com apoio do Governo do Estado de Rondônia, através da Sejucel e Funpar.

Acompanhe a programação pelo Facebook

(https://www.facebook.com/palcogiratorioro), Instagram (@sescro) e ainda pelo site

Fecomércio (http://fecomercio-ro.com.br/) e blog do Sesc (http://sescro.blogspot.com.br


palco

palco1

palco2

palco4

 


palco6

palco7

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário