O governo francês concedeu honras militares nesta segunda-feira (1º) na Champs Elysées ao presidente cubano, Raúl Castro, que iniciou uma visita de Estado de forte componente econômico.

O presidente chegou ao Arco do Triunfo depois de percorrer a famosa avenida decorada para a ocasião com bandeiras francesas e cubanas.

Na cerimônia foram interpretados os respectivos hinos nacionais, e o líder cubano depositou flores no túmulo do soldado desconhecido, ao lado da ministra da Ecologia, Ségolène Royal, a número três do governo. Perto do local era possível observar pequenos grupos de simpatizantes castristas segurando bandeiras cubanas.

Após a cerimônia, Raúl Castro percorreu a Champs Elysées escoltado pela Guarda Republicana francesa a cavalo.

Castro, que aterrissou no sábado (30) na capital francesa, se reunirá durante a tarde com o presidente François Hollande no palácio presidencial, onde serão assinados vários acordos, um deles sobre a anulação de parte da dívida cubana com Paris.

A França foi recentemente o artífice de um acordo sobre a dívida cubana com seus credores do Clube de Paris. O governo de Hollande acredita que este acordo permitirá aprofundar suas relações com a ilha e aproveitar sua progressiva abertura econômica.

Em virtude deste convênio, a ilha conseguiu o perdão de 8,5 bilhões de dólares, o que deve desbloquear seu acesso aos mercados financeiros enquanto espera o fim do embargo americano imposto em 1962, condenado há anos pela França.

Segundo uma fonte diplomática francesa, a questão dos direitos humanos em Cuba também estará na agenda das discussões bilaterais.

A França será sempre vigilante em relação aos direitos humanos e levantará a questão sempre que for necessário, mas considera que “o diálogo é o mais eficaz” para fazer as coisas neste campo avançarem, comentou outra fonte diplomática.

Redação Painel Político

Redação Painel Político

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *