“Pegadinha do Esquilo” trava WhatsApp e pode provocar danos no seu celular

Corrente que está sendo reproduzida no WhatsApp não é um vírus, mas pode provocar danos no seu celular por sobrecarga no processador. Entenda

Os usuários do WhatsApp em celulares Android se depararam com mais uma corrente intrigante nessa semana. Uma mensagem com o desenho de um esquilo travava o aplicativo quando era pressionada. Os boatos de que se tratava de um vírus ganharam força, mas na verdade o problema causado é um pouco menor, ainda assim, não é totalmente desprezível.

bug acontece porque a citada mensagem contém mais de 4.000 caracteres ocultos. Um número superior ao que o WhatsApp é capaz de processar. Sendo assim o aplicativo fica travado, obrigando o usuário a usar um recurso externo, do próprio celular, para conseguir reiniciá-lo.

Por não se tratar de um vírus, após reiniciar o software, tudo volta a funcionar normalmente. Senhas de acesso, informações pessoais e mensagens trocadas não são acessadas por ninguém, sendo assim, não há risco nenhum para a sua conta. Mas isso não quer dizer que seu celular não sofra com a operação e que, portanto, você possa ficar apertando a imagem do esquilo livremente.

Além de sobrecarregar o processador do aparelho, que é exatamente o que provoca o travamento, o fato de reiniciar o aplicativo e às vezes, o próprio celular, interrompe uma série de funções que o aparelho executa subliminarmente que podem afetar a bateria e a memória do dispositivo. Por esse motivo, você estará fazendo um favor pra você e pras outras pessoas se não passar a corrente pra frente.

Como explicar?

O problema, porém, só afeta usuários do Android. Sendo assim, de nada adianta mandar a mensagem para pessoas que acessam o aplicativo por iPhones ou pelo WhatsApp Web.

Na versão para navegador, inclusive, é possível ver, através do código fonte, que o espaço em bracno imediatamente antes do desenho de esquilo contém uma string (sequência de caracteres, geralmente utilizada para representar palavras, frases ou textos) que quando processada após ser pressionada, faz com que o aplicativo trave.

Nos Estados Unidos e na Europa, a corrente já se espalhava a algumas semanas pelo WhatsApp, mas o fato do texto agora estar em português mostra que um brasileiro se propôs a importar o produto. Existe ainda uma versão alternativa que substitui o esquilo por um “ponto preto” também surgiu e causa o mesmo efeito pelos mesmos motivos.

Versão alternativa da corrente do esquilo, ponto preto também trava seu aplicativo
Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário