PF conduz irmã de deputado e mais 10 em Pimenta Bueno

Polícia Federal investiga ameaças a eleitores e lideranças e compra de votos; administrador de página no Facebook foi ameaçado após operação

A Polícia Federal deflagrou na manhã deste sábado em Pimenta Bueno (RO) uma operação em parceria com o Ministério Público do Estado para investigar uma série de crimes que teriam sido cometidos pela coligação que elegeu a esposa do deputado estadual Cleiton Roque, Juliana Roque prefeita da cidade.

As acusações vão desde ameaças por pessoas armadas contra eleitores à compra de votos durante o período que antecedeu as eleições. Entre 11 conduzidos coercitivamente estava a irmã do deputado estadual Cleiton Roque, além de assessores e cabos eleitorais que trabalharam na campanha.

Cleiton Roque é conhecido na região por ser truculento, e essas ações lhe renderam o apelido de “Coronel Roque”. PAINEL POLÍTICO publicou várias matérias sobre os supostos crimes cometidos pelo grupo do deputado durante o período eleitoral. Foram registrados vários boletins de ocorrência por eleitores e lideranças que estavam sendo perseguidos pelo grupo do parlamentar.

A operação deste sábado foi “abafada” na cidade pelo deputado, que chegou a ameaçar o administrador do perfil “Pimenta na Veia” no Facebook, que mais cedo havia postado um vídeo com a entrevista do delegado responsável pelas investigações.

No lugar do vídeo, o administrador fez a postagem abaixo:

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário