PF realiza operação para combater fraudes na Caixa Econômica Federal em GO e MG

Segundo corporação, a suspeita é que correspondentes bancários desviavam valores e os transferiam para terceiros mediante vantagens financeiras. Quatro mandados são cumpridos.

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (8) a Operação OCA, visando combater fraudes bancárias na Caixa Econômica Federal. A ação ocorre em Goiás, onde é chefiada, e Minas Gerais. Cerca de 30 policiais cumprem quatro mandados de busca e apreensão, sendo um em Itumbiara, no sul do estado, e três em Belo Horizonte.

O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Caixa em Goiás, por email, e aguarda retorno.

A PF informou, em nota, que as investigações apontam a participação de correspondentes bancários no esquema. A suspeita é que eles desviavam valores que deveriam ser repassados ao banco. Esses montantes eram transferidos para terceiros, que “emprestavam suas contas mediante vantagem financeira”.

A operação é chefiada pelo delegado Franklin Roosvelt Almeida Medeiros, responsável pela Delegacia de Combate aos crimes Fazendários (Delefaz).

A assessoria da PF em Goiás informou ao G1, por telefone, que ele está em Itumbiara nesta manhã atuando no cumprimento dos mandados. Policiais mineiros estão auxiliando nas ordens expedidas em Belo Horizonte.

Apesar de não haver mandatos de prisão, ainda conforme a assessoria, há a possibilidade de detenções em flagrante. Os investigados podem responder pelo crime de estelionato, cuja pena é de 5 anos, podendo ser aumentada em um terço.

Todo material apreendido será encaminhado para a sede da PF em Goiânia.

Fonte: g1

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário