PF também está na empresa de Gilson Nazif

Operação Imprevidência investiga supostas irregularidades no Instituto de Previdência

Brasilia –  A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira a Operação Imprevidência, que investiga irregularidades no Instituto de Previdência do Município de Porto Velho – IPAM, e cumpre mandados de busca em diversos pontos da cidade.

Entre os alvos está o empresário Gilson Nazif, irmão do prefeito de Porto Velho Mauro Nazif (PSB), que foi levado coercitivamente à sede da Polícia Federal para prestar depoimentos. Agentes estiveram na casa e na empresa de Gilson, a Idéia Comunicação Visual, realizando apreensões de documentos.

Em setembro deste ano a Polícia Federal instaurou inquérito para apurar desvios no Ipam, através de ocorrência de gestão fraudulenta, corrupção ativa e associação criminosa no Ipam, no valor de oitenta milhões de reais.

A denúncia foi feita por um auditor fiscal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *