Polícia Civil acampa na Assembleia e só sai com PCCS, informa categoria

Mobilização da Polícia Civil na Assembleia Legislativa não tem data para terminar

Brasília – Na tarde desta segunda-feira, policiais civis de todo o estado seguiram para a Assembleia Legislativa e decidiram acampar no parlamento até que o governo do Estado encaminhe o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) da categoria, que deveria ter sido encaminhado em dezembro de 2015.

Segundo os policiais que encabeçam o movimento, a mobilização somente acabará quando o governo encaminhar o plano e o parlamento aprovar, “do contrário os deputados não vão conseguir votar nada, nem o orçamento”, disse um dos manifestantes.

A Polícia Civil foi a única categoria que não recebeu qualquer benefício por parte do Governo, por isso cobra o cumprimento do acordo.

Desde o início desse ano que os policiais cobram um posicionamento por parte do governo, que vem ignorando as manifestações que ocorreram em todo o Estado.

Na semana passada os policiais se reuniram e começaram a discutir sobre a permanência na assembléia até que seja resolvida a situação. Como não teve nenhuma sinalização em relação ao fim do impasse, na manhã desta segunda, em assembléia a categoria decidiu ocupar a assembleia.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário