Polícia investiga se explosões em Dortmund foram ataque islamita

Carta encontrada no local da explosão se referia a missão militar alemã na Síria.

A polícia da Alemanha investiga se as três explosões que atingiram o ônibus da equipe do Borussia Dortmund, na terça-feira, foram um ataque islamita. Uma carta encontrada no local se referia à missão militar alemã na Síria, segundo informações da imprensa local. Os investigadores, no entanto, não descartam que os autores tenham deixado uma pista falsa.

De acordo com o jornal Suddeutsche Zeitung, a carta começa com referências a “Alá, o clemente, o misericordioso”, remete ao atentado ocorrido em dezembro de 2016 em um mercado natalino de Berlim e menciona que jatos Tornado alemães participam do combate ao Estado Islâmico (EI).

Oficialmente, a polícia limitou-se a declarar nesta quarta-feira que a investigação continua, sem dar detalhes.

Segundo o jornal Die Welt, a Promotoria federal assumiu a investigação e o Escritório Federal de Investigação Criminal alemão (BKA) criou uma unidade de crise em Berlim.

O ataque aconteceu às 19h15 (14h15 de Brasília), quando três artefatos explodiram e atingiram o ônibus do Borussia Dortmund, antes da partida pela Liga dos Campeões da Europa contra o Monaco. O jogo foi adiado para esta quarta-feira.

O zagueiro espanhol Marc Bartra, o único ferido no ataque, teve um dos pulsos operado na noite de terça-feira. “Há um fragmento em seu pulso”, informou um porta-voz do Borussia Dortmund, sobre os estilhaços de vidro que atingiram o jogador revelado pelo Barcelona. Um policial que fazia escolta do ônibus também ficou ferido.

Fonte: veja.com

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário