Polícia prende advogada suspeita de ter ligação com PCC

Luana de Almeida Domingo foi detida em Ilhabela, litoral norte de SP

A Polícia Civil prendeu, na manhã desta terça-feira, em Ilhabela, litoral norte de São Paulo, a advogada Luana de Almeida Domingo, suspeita de envolvimento com a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

A advogada estava foragida desde o dia 1º de dezembro do ano passado, quando o Tribunal de Justiça decretou a prisão preventiva de 54 pessoas de receber dinheiro da facção criminosa.

 

Advogada, repórter e modelo era aliada do PCC:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *