Policiais fecham clínica de aborto e prendem duas pessoas no RJ

Materiais usados nas cirurgias foram apreendidos

Duas pessoas foram presas em flagrante em uma clínica de aborto clandestina no bairro Coelho Neto, na zona norte do Rio de Janeiro. Ação da Polícia Militar em parceria com a Polícia Civil desmantelou o estabelecimento nesta sexta-feira (6). Materiais usados nas cirurgias foram apreendidos.

De acordo com a Polícia Militar, agentes do Serviço de Inteligência da Coordenadoria de Polícia Pacificadora identificaram a clínica ilegal por postagens nas redes sociais, onde um grupo relatava as cirurgias feitas no estabelecimento. Os militares se dirigiram ao local com o apoio dos policiais civis e encontraram um casal. A mulher já estava em processo pré-abortivo.

Um médico e uma enfermeira foram presos em flagrante e encaminhados à 27ª Delegacia de Polícia (Vicente de Carvalho) para prestar esclarecimentos. A ocorrência seguia em andamento por volta das 13h45, com policiais vistoriando o local. Já foram apreendidos materiais utilizados na cirurgia, mas o balanço ainda não foi divulgado pela corporação. Com informações do Estadão Conteúdo.

Fonte: noticiasaominuto

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário