Cabo Daciolo chama Marco Feliciano de maçom e os dois batem boca no Congresso; vídeo

Segundo Daciolo, o vídeo é sobre “as pessoas que estão comercializando a palavra de Deus”.

Um vídeo em que o deputado Cabo Daciolo (Patri-RJ) diz que Marco Feliciano (Pode-SP) tem ligações com a maçonaria fez com que os parlamentares discutissem nesta quarta-feira, 17, durante sessão do Congresso. Feliciano, que é evangélico, foi tirar satisfações com o bombeiro militar.

“Eu disse para ele: ‘O mesmo Deus que disse que você seria o presidente da República foi o que te disse que eu sou maçom, ou seja, não é Deus”, disse Feliciano sobre o ocorrido.

Segundo Daciolo, o vídeo é sobre “as pessoas que estão comercializando a palavra de Deus”.

“Citei ele (Feliciano) e Silas Malafaia como exemplo do envolvimento deles com a maçonaria. Maçonaria essa que está no poder desde sempre no nosso País”, afirmou o bombeiro militar. “Vamos esperar o tempo, Deus vai revelar. Eu só pedi para eles se arrependerem e virem para Jesus e ficarem no primeiro amor, no caminho do senhor Jesus que é amor, não comercializar a palavra de Deus”, disse.

Feliciano afirmou que não há demérito em ser maçom, “só que o evangélico pentecostal não se envolve com a maçonaria”. Disse ainda que o vídeo do candidato à presidência viralizou e o prejudicou fazendo ele perder votos. Ele foi reeleito por São Paulo, com 239.784. Na eleição de 2014 ele teve 398.087 votos.

O deputado do Podemos disse que nunca teve qualquer ligação com a maçonaria e que conhece a instituição por livros. Ele afirmou ainda que tentou confrontar Daciolo antes, mas que o deputado “fugiu”. “É uma lástima porque traz um prejuízo para a comunidade evangélica”, comentou.

Feliciano entrou com uma representação no Conselho de Ética contra Daciolo por causa do vídeo.

Fonte: bandab

Participe do debate. Comente!