De Brasília, Marcos Rocha diz ter “iniciado os trabalhos fundamentais para a mudança”

Governador se reuniu com militares para, segundo ele, “debater sobre o apoio dos militares nas obras das BR-364 e BR-319”

O governador Marcos Rocha (PSL) divulgou em sua página no Facebook ter se reunido com militares em Brasília nesta quinta-feira para tentar obter o “auxílio do Exército nos investimentos de infraestrutura em Rondônia. A princípio, debatemos sobre o apoio dos militares nas obras das BR-364 e BR-319”.

Ainda de acordo com o governador, também foi discutida a reconstrução do Hospital João Paulo II e do Heuro, o hospital de emergências cujas obras foram iniciadas na gestão de Confúcio Moura foram alvo da “Operação Murídeos”, da polícia Federal que investigou supostas irregularidades.

“Para isso estabelecemos seis planos que foram apresentados aos generais. Ficou decidido que a partir desse ano teremos a cooperação do exército na fiscalização dos projetos. A parceria garantirá a qualidade das obras e a transparência dos valores, para que não sejam superfaturados. Nos cálculos primários, essas ações gerarão grande economia em todas as obras, chegando a casa dos milhões aos cofres públicos. Por último, definimos a abertura para o fornecimento de um estágio técnico de fiscalização de serviços para nossos profissionais”, declarou Rocha em sua postagem.

Ao final, ele declarou ter participado da posse de Paulo Guedes, no ministério da Fazenda, onde “falamos, entre outros assuntos, dos próximos encontros, quando falaremos com mais tempo sobre Rondônia”.

“Caos na segurança”

Nesta quinta-feira, circula entre os agentes de segurança do Estado, um texto que acusa o governador de estar sendo ‘irresponsável’ com o Estado, “É de uma irresponsabilidade jamais vista e justamente por quem bradou como pauta sua a segurança pública”.

Participe do debate. Comente!