Por completa ineficiência do secretário de educação Sintero diz: agora só vamos dialogar diretamente com governador

O novo secretário da Seduc está no cargo há dois meses e até a presente data não encontrou em sua agenda um espaço para receber e dialogar com os representantes dos trabalhadores em educação.

A diretoria do Sintero vai tentar discutir os problemas da educação no estado diretamente com o governador Confúcio Moura. Essa atitude será necessária devido à indisponibilidade do secretário de Estado da Educação, Florisvaldo Alves da Silva, de receber os representantes da categoria. Essa indisponibilidade está demonstrada no fato de que o Sintero já protocolou na Seduc vários ofícios com pedidos de audiência, tendo sido todos ignorados pelo secretário.

Para os dirigentes do Sintero, é no mínimo estranha a atitude do secretário, já que os trabalhadores em educação são os maiores conhecedores dos problemas da pasta, e o secretário deveria ser um dos principais interessados nas soluções.

 

O Sintero, não acredita que o secretário Florisvaldo Alves da Silva esteja agindo de propósito, e prefere pensar que houve falha grave no funcionamento do Gabinete, pois não seria apropriado transferir diretamente ao governador Confúcio Moura as discussões sobre a educação.

A partir desta quinta-feira, dia 02/03/2017, os ofícios com pedido de audiência serão protocolados diretamente no Gabinete do governador Confúcio Moura.

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário