Porto Velho Rugby faz apelo para conseguir dinheiro de passagens

RugbyA equipe do Porto Velho Rugby já se prepara para participar da 2ª Copa Amazônia, evento organizado pelas Associações (times) em parceria com a Confederação Brasileira de Rugby. O torneio será disputado em Manaus (AM), dia 23, e irá contar com outras sete equipes. A competição será disputada na modalidade Seven e o vencedor garante vaga para disputar o Circuito Brasileiro em 2014.

Contudo, o grupo, que segue em rítmo acelerado nos treinamento para a competição – duas horas, duas vezes na semana -, enfrenta dificuldades para custear os gastos da viagem. Três dos principais atletas da equipe não tem condições financeiras para arcar com os gastos da passagem e podem ficar de fora da competição.

– Conseguimos alguns patrocinadores e mesmo assim não será suficiente para cobrir tudo. A passagem de ida e volta está em média R$ 600 e três jogadores da equipe não tem condições de arcar com essa despesa. Eles são jogadores indispensáveis para a equipe, o Wando por exemplo, é o maior recordista no 100m aqui do estado – disse Timóteo Cabral, técnico e linha de frente da equipe.

Com a ausência dos atletas, a equipe, que tem 12 jogadores, perde em qualidade e peças de reposição. Problema que pode fazer a diferença dentro de campo.

– Temos duas semanas e meia para conseguir, de alguma forma, esse dinheiro para custear as passagens dos atletas. Por isso, pedimos a colaboração ou até doações para nos ajudar nessa missão – declara Timóteo.

Para colaborar basta entrar em contato: 69-9208-2785 (Timóteo) ou 69-8114-1941 (Paulo).

Estilo da disputa

O Sevens é a modalidade olímpica do rugbi que voltará a fazer parte dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016. Na modalidade os times são formados por sete jogadores de cada lado que disputam uma partida dividida em dois tempos de sete minutos.

Fonte: Globo Esporte/Ro

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário