Prefeito de Vilhena não é cassado e advogada entrega pizza aos presentes

O prefeito de Vilhena, José Rover (PP) escapou da cassação, durante sessão realizada pela câmara de vereadores na última quinta-feira, 19. Ele era alvo de uma CPI, por denúncias de irregularidades no desvio de finalidade do recurso relativo à construção da Maternidade e Hospital Infantil do município. O relatório da comissão afirma não ter encontrado nenhum problema.

Os vereadores Vanderlei Graebin (SDD), Célio batista (PP), Jairo Peixoto (PP), José Garcia (DEM), Marcos Cabeludo [su_frame align=”right”] [/su_frame](SDD) e Carmozino Alves (SDD) foram favoráveis à manutenção do prefeito no cargo, fato que gerou revolta da população que estava em massa no auditório da câmara de vereadores.

A sessão se polarizou em dois nomes: Junior Donadon (PMDB), presidente da casa de leis, e o advogado de defesa do prefeito, Reginaldo Ribeiro de Jesus.

O parlamentar iniciou sua fala fazendo críticas à gestão de Rover e logo no início da sessão apresentou seu voto contrário ao relatório da CPI. O documento garantiu não encontrar irregularidades no desvio de finalidade do recurso relativo à construção da Maternidade e Hospital Infantil do município.
O advogado de defesa do prefeito usou o argumento de que a CPI tinha finalidades políticas, e que o afastamento de seu cliente seria irregular. O advogado falou por mais de uma hora. Ao final da sua fala, abriu-se os votos, que foram feitos de modo individual e verbal.

José Garcia comentou os motivos pelo qual votava contra a cassação de Rover: “É pelo bem da cidade”, acredita. Junior Donadon, Valdete Savaris (PPS), Maria José da Farmácia (PDT) e Marta Moreira (PSC) foram a favor da cassação do prefeito, que não participou da sessão porque está cumprindo agenda em Brasília.

Pizza

A advogada e ex-candidata a deputada estadual, Vera Paixão, compareceu à Câmara de Vereadores de Vilhena e entregou pizza aos presentes, enquanto ocorria a leitura do relatório que poderia cassar o mandado do prefeito José Rover.

Enquanto o vereador Célio Batista lia o relatório da CPI, Paixão se levantou e começou a entregar uma bandeja de pizza, dizendo “é isso que vai virar”.
Muitos apoiadores de Rover que são lotados com cargos públicos estavam na Câmara e vaiaram a atitude da advogada, que chegou a revidar dizendo que eram todos “pau mandados do Zé” que estavam ali porque estão ganhando.

Foto e informações são do Extra de Rondônia

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

1 thought on “Prefeito de Vilhena não é cassado e advogada entrega pizza aos presentes

Participe do debate. Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: