Prestígio não paga conta: as profissões que recebem maior incentivo dos pais

A carreira de engenheiro aparece como a preferida dos pais, embora estes apontem a de médico como a de maior prestígio

[su_frame align=”right”] [/su_frame]O que você quer ser quando crescer? As respostas a esta pergunta que os adultos adoram fazer para crianças costumam ser, em geral, criativas e variadas. Mas diante de uma lista de profissões, astronautas e bailarinas não têm vez: os ofícios mais tradicionais têm a preferência dos pais. Ao serem questionados qual carreira acreditam ter mais prestígio, a maioria (88%) apontou a profissão de médico, segundo pesquisa realizada pela Harris Poll, que ouviu 2.537 adultos entre os dias 13 e 18 de agosto deste ano. Oficiais militares estão em segundo, com 78%, e bombeiros e cientistas empatam em terceiro, com 76%. Em seguida, vêm enfermeiros (70%), engenheiros (69%), policiais (66%), padres/pastores/clero (62%), arquitetos (62%) e atletas (60%).

Curiosamente, ao serem questionados se incentivariam seus filhos a seguirem essas carreiras no futuro, a profissão de médico (91%) perde por uma pequena margem para engenheiro (93%) e ”empata” com cientista. Em questão de incentivo dos pais, enfermagem (90%) e arquitetura (88%) vêm logo atrás. Dentre os entrevistados, 81% dos pais incentivariam seus filhos a serem professores; 78% contadores; 77% bombeiros; 74% executivos de negócios; 69% advogados; e 65% oficiais militares.

Ainda de acordo com o levantamento feito pela Harris Poll, os americanos estão divididos se deveriam ou não incentivar os filhos a seguiram a profissão de corretores/agentes imobiliários: enquanto 52% os encorajariam, 48% afirmam que não. No entanto, quatro ocupações não receberiam o apoio dos pais americanos: dirigente sindical (66%), ator (59%), membro do Congresso (59%) e entertainer (58%).

Confira os principais dados da pesquisa:

Engenheiro

Percentual de adultos que encorajam a escolha: 93%

Percentual de adultos que consideram que a profissão tem prestígio: 69%

Médico

Percentual de adultos que encorajam a escolha: 91%

Percentual de adultos que consideram que a profissão tem prestígio: 88%

Cientista

Percentual de adultos que encorajam a escolha: 91%

Percentual de adultos que consideram que a profissão tem prestígio: 76%

Enfermeiro

Percentual de adultos que encorajam a escolha: 90%

Percentual de adultos que consideram que a profissão tem prestígio: 70%

Arquiteto

Percentual de adultos que encorajam a escolha: 88%

Percentual de adultos que consideram que a profissão tem prestígio: 62%

Professor

Percentual de adultos que encorajam a escolha: 81%

Percentual de adultos que consideram que a profissão tem prestígio: 60%

Contador

Percentual de adultos que encorajam a escolha: 78%

Percentual de adultos que consideram que a profissão tem prestígio: 40%

Bombeiro

Percentual de adultos que encorajam a escolha: 77%

Percentual de adultos que consideram que a profissão tem prestígio: 76%

Executivo da área de negócios

Percentual de adultos que encorajam a escolha: 74%

Percentual de adultos que consideram que a profissão tem prestígio: 58%

Advogado

Percentual de adultos que encorajam a escolha: 69%

Percentual de adultos que consideram que a profissão tem prestígio: 70%

O Globo

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário