Procuradoria da República Dominicana pede prisão de 14 no Caso Odebrecht

Quatorze pessoas envolvidas na delação da Odebrecht foram alvo de pedido de prisão preventiva da Procuradoria Geral da República Dominicana, entre eles o ministro da Indústria e Comércio, Juan Montás Domingues, o senador Julio César Valentin e o ex-ministro de Obras Públicas Victor Días Rúa. As informações são do jornal “Diario Libre”. Segundo o procurador Jean Rodrígues, o prazo da prisão preventiva é de 18 meses.

Pelo menos nove dos acusados pela Procuradoria da República Dominicana foram presos nesta segunda-feira. Os procuradores também pediram ajuda da Interpol para prender o engenheiro Bernardo Antonio Castellanos, que está no Panamá, e é um dos 14 acusados.

Em abril passado, a Odebrecht homologou acordo com a Justiça da República Dominicana e se comprometeu a pagar U$S 184 milhões — o equivalente a R$ 579 milhões — após admitir crimes de subornos. A empreiteira brasileira confessou o pagamento de US$ 92 milhões em propinas naquele país entre 2001 e 2014, segundo o acordo de leniência assinado com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ). Os valores teriam sido repassados em troca de contratos públicos.

Fonte: oglobo.com

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário