Repórter da Record comete suicídio por depressão; emissora presta homenagens

Repórter se jogou de um prédio nesta segunda-feira (28), após desaparecimento em 2015 e quadro de depressão

Foi confirmada nessa segunda-feira (29) a morte do jornalista Renato Soares. O repórter da Record Minas foi diagnosticado com depressão em 2015, quando havia desaparecido em 2015 e foi encontrado cerca de três dias depois, e estava em tratamento.

Segundo vídeo divulgado pela TV online Jovem Sistema, Renato teria pulado do 15º andar de um prédio em Curvelo, sua cidade-natal, para onde voltou após seu desaparecimento. Ele também estaria em licença de trabalho por problemas de saúde.

A emissora Rede Minas, onde Renato chegou a trabalhar antes de passar pela Globo Minas e Record Minas, prestou uma homenagem ao jornalista com vídeos de reportagens feitas por ele durante sua passagem pelo canal.

Nas redes sociais, Gustavo Paulus, presidente da Record Minas, e outros jornalistas também mostraram seus sentimentos a Renato e sua família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *