Participantes do BBB serão revelados nesta quarta

Nomes dos ‘brothers’ serão anunciados durante a programação da Globo

Depois de muito mistério e pistas verdadeiras ou não dadas nas redes sociais por Boninho -o diretor do Big Brother Brasil, J.B. de Oliveira-, vai sair a lista de participantes do 19ª edição do reality show.

Ao longo da programação de quarta-feira (9), a emissora vai divulgar a lista dos participantes, aos poucos. O programa estreia dia 15 de janeiro e promete ter ‘brothers’ de diversas regiões brasileiras em busca do prêmio de R$ 1,5 milhão.

Para esta edição, as seletivas foram realizadas em 12 cidades e passaram, pela primeira vez, nas capitais Rio Branco (AC) e São Luís (MA).

O número de participantes ainda não foi revelado, mas o comando do programa continua com Tiago Leifert, pelo terceiro ano consecutivo. Ele substituiu Pedro Bial, que assumiu o programa de entrevistas Conversa com Bial.

Aos poucos, Boninho foi dando dicas sobre os competidores da próxima edição. No entanto, ele não deixou claro se tudo o que dizia era verdade.

Na manhã de sexta-feira (4), ele escreveu no Twitter: “Mais um… uma! O nome começa com B…. 28, mineira”, escreveu em uma das mensagens. Logo depois, ele publicou outro texto para confundir seus seguidores. “Atenção alertaspoiler nem todas as dicas conferem!!! É para embaralhar mesmo!! BBB19”.

No segundo dia do ano, Boninho começou a provocar os internautas. “Ano novo e a primeira chave da casa vai para um cara ‘cabeça’ do Nordeste!”, escreveu Boninho, em seu perfil no Twitter. Com informações da Folhapress.

Fonte: noticiasaominuto

Jesus Cristo é apresentado como novo super-herói da DC Comics

A DC apresentou uma novidade para 2019. Trata-se da HQ Second coming ou Segunda vinda, protagonizada por Jesus Cristo. Sim, o Messias é o novo super-herói da editora. A primeira edição da série da Vertigo, selo da DC Comics, chega às bancas norte-americanas em março de 2019.

Na trama escrita por Mark Russell com arte de Richard Pace, Jesus retorna à Terra e percebe que a humanidade distorceu seus ensinamentos. Não há previsão que a HQ seja lançado no Brasil.

Confira a sinopse da HQ

Testemunhe o retorno de Jesus Cristo, conforme Ele é enviado em uma missão santíssima por Deus para aprender o que é preciso para ser o verdadeiro messias da humanidade, tornando-se companheiro de quarto com o salvador favorito do mundo: o todo-poderoso super-herói Homem-Sol, o último filho de Krispex! Mas quando Cristo retorna à Terra, ele fica chocado ao descobrir o que aconteceu com o seu evangelho.

A capa foi desenhada por Amanda Conner. Foto: Reprodução/DC Comics.

Fonte: diariodepernambuco

O polêmico ‘novo Big Brother’ em que participantes só se falam por rede social, aposta da Netflix

Alex foi o vencedor da primeira temporada de The Circle – mas não exatamente como ele mesmo.

Alex foi o grande vencedor da primeira temporada do novo reality show do canal britânico Channel 4, chamado The Circle. Como prêmio, levou para casa cerca de US$ 100 mil (aproximadamente R$ 375 mil).

Ele não ganhou, contudo, sendo ele mesmo.

No programa, que muitos chamam de “o novo Big Brother”, os concorrentes vivem todos no mesmo prédio de apartamentos – mas não se encontram pessoalmente. Só se comunicam através de um dispositivo com uma rede social.

Isso permitiu que Alex se passasse por uma jovem chamada Kate, usando como foto de perfil uma imagem de sua namorada na vida real.

A estratégia gerou críticas do público, que diz que o programa premiou um concorrente que fingiu ser outra pessoa, algo conhecido em inglês como catfishing.

Apesar da repercussão, o The Circle foi um grande sucesso entre jovens de 16 a 34 anos e a Netflix já anunciou que fará versões internacionais do programa.

“É oficial: Alex/Kate foi eleito campeão pelos espectadores e o vencedor do The Circle!”, diz um tuíte do programa.

‘Papel tóxico’

Planejado como um experimento sobre confiança social, no The Circle os participantes só se comunicam por meio de seus perfis de internet, e cada concorrente pode escolher apresentar uma versão real ou fictícia de si mesmo.

Alex usou a imagem da namorada, Millie, como sua foto de perfil durante as três semanas que durou o programa, enganando com êxito os demais participantes.

“Ainda estou sem palavras, para ser sincero. Quis me fazer passar por alguém que pudesse ser muito popular”, disse o vencedor ao Newsbeat, da Radio 1, da BBC.

Ele confessou, contudo, que às vezes se sentia culpado durante o programa.

“Brincar que era outra pessoa foi muito tóxico para a mente, não quero fazer isso de novo”, disse.

“Aprendi muito sobre mim durante o programa, coisas que não aprenderia se não tivesse interpretado um personagem”, afirmou.

CHANNEL 4 / BBC

“Queria despertar a consciência das pessoas para o fato de que muita gente nas redes sociais é falsa, seja simplesmente usando um filtro numa imagem ou interpretando um papel”, declarou.

As apresentadoras do programa, Alice Levine e Maya Jama, disseram que Alex “jogou bem” no reality.

Ele venceu Freddie, Dan e Sian na final. Foi só naquele momento que os demais participantes descobriram que Kate era, na verdade, um homem.

‘Uma ideia emocionante’

CHANNEL 4 / BBC

O criador do programa, Stephen Lambert, disse que havia um interesse da televisão por um reality diário e com mudanças rápidas.

Faz oito anos que Big Brother passou pela última vez no canal britânico Channel 4. Desde 2010, os direitos de exibição são do Channel 5 – a emissora noticiou em setembro, contudo, que 2018 seria o último ano do programa.

“Criar um reality que refletisse o bom e o mau das redes sociais parecia uma ideia emocionante”, disse Stephen Lambert à Radio 4, da BBC.

O programa foi criticado e algumas pessoas ficaram confusas pelo papel que o catfishing ganhou no programa.

“Estou confusa em relação ao The Circle. Catfishing é uma coisa mal vista, mas fizeram um programa inteiro para dar palanque a isso? Não acho legal”, escreveu um usuário do Twitter.

“Então quer dizer que agora tudo bem fazer catfishing?”, questionou outra.

Fonte: bbc

Não acabou! Confira os filmes originais que a Netflix ainda vai lançar em 2018

Investindo em produções próprias, a Netflix ainda tem diversos lançamentos planejados para 2018, que devem até figurar na temporada de premiações

A Netflix percebeu que as concorrentes estão se movimentando para criar seus próprios streamings e decidiu apostar pesado em produções originais. De acordo com o The Economist , só em 2018 a empresa reservou cerca de US$ 12 bilhões para essa função, o que significa que nos próximos anos teremos um aumento ainda maior de seu conteúdo próprio.

Mas, como essa tendência já vem acontecendo ao longo dos anos, a Netflix tem uma série de novidades ainda pendentes para 2018, inclusive possíveis concorrentes ao Oscar.

Netflix a todo vapor

Um dos mais aguardados é , “Roma”, de Alfonso Cuarón, que saiu com o Leão de Ouro do Festival de Veneza. Outras produções incluem um filme de Orson Welles, e nomes estrelados como Sandra Bullock, Chris Pine e os irmãos Coen. Por isso, reunimos todas os lançamentos que ainda estão por vir na plataforma. Confira:

Gente de Bem

Divulgação

Já nessa sexta-feira (14) estreou “The Land of Steady Habits” da diretora Nicole Holofcener (“Amigas Com Dinheiro”). Com Ben Mendelsohn, Connie Briton e Thomas Mann, o filme traz um lado menos conhecido de Mendensohn, como pai de família aposentado que se vê perdido e em busca de novas experiências.

O Anjo do Mossad

Divulgação

Também no dia 14 um thriller baseado em fatos reais chega a plataforma. Estrelado por Toby Kebbell, o filme conta a história de um assessor de confiança da presidência do Egito que acaba se tornando espião para o governo de Israel.

Felicidade Por Um Fio

Divulgação

Na sexta-feira seguinte (21) é a vez de Sanaa Lathan voltar ao protagonismo em “Felicidade Por um Fio”, da cineasta saudita Haifaa Al-Mansour. No papel de Violet, ela faz uma mulher bem sucedida que acredita estar no relacionamento dos sonhos, até perceber que o namorado não pretende levar o relacionamento adiante. Ela deixa o namoro – e os cabelos – de lado, para tentar se encontrar novamente.

Noite de Lobos

Divulgação

Com uma vibe que mistura “Os Homens Que Não Amavam as Mulheres” com aspectos sobrenaturais, “Noite de Lobos” se passa na neve do Alaska, quando Russell Core (Jeffrey Wright) aceita a missão de encontrar a alcateia que está atacando um vilarejo e matar crianças. O filme tem ainda Alexander Skarsgard e Riley Keough e estreia em 28 de setembro.

Mais Uma Chance

Divulgação

“Mais Uma Chance”, que estreia dia 5 de outubro, marca o retorno da cineasta Tamara Jenkins depois de 11 anos sem lançar um filme. Na história, Kathryn Hahn (com sua merecida chance como protagonista) e Paul Giamatti formam um casal que tenta diferentes processos de fertilização, enquanto vê seu casamento se desfazer no processo.

22 July

Divulgação

Também baseado em fatos reais, “22 July” é uma produção norueguesa que conta como dois atentados terroristas no país afetaram a população e como eles se uniram e superaram essas tragédias, que mataram 77 pessoas em 2011. O filme chega a plataforma em 10 de outubro.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA NO IG.

Palco Giratório apresenta espetáculos circenses em Porto Velho

A capital recebe a 11ª edição do Festival Palco Giratório, de 9 a 30 de setembro. Confira a programação da segunda semana de espetáculos.

O Palco Giratório continua em Porto Velho até o dia 30 de setembro. A 11ª edição do festival acontece em uma tenda montada no Parque da Cidade, localizado na rua Adaildo Feitosa e nas instalações do Serviço Social do Comércio (Sesc).

Este ano, o Palco Giratório comemora os 60 anos de carreira do Palhaço Biribinha, por isso a organização preparou uma viagem pela arte circense.

Nesta sexta-feira (14), o “Concerto em Ri Maior” é a atração principal. Segundo a organização do evento, essa comédia musical, surgiu em 2005, nela o público será envolvido pelos sons de piano, acordeon, violão, castanholas, gaitas e um coral. No espetáculo o maestro e palhaço Wilson Chevchenco, de origem russa, apresenta um concerto e, já que não fala português conta com a ajuda de seu amigo Sarrafo para ser compreendido pela platéia.

 Foto: Palco Giratório/ Divulgação

Já no sábado (15), “Plugue: um desvio imaginativo”, entra em cena. O roteiro conta a história de um esquisito fio azul que se espalha pela cidade, ligando tudo e todos. Deixando os habitantes do local envolvidos com o mistério.

Confira a programação da segunda semana de espetáculos:

Data Espetáculo Horário Local
14/09 Concerto em Ri Maior 16h e 19h Parque da Cidade
14/09 Mulheres do Aluá 20h Teatro 1 do Sesc
15/09 Plugue: um desvio imaginativo 10h Teatro 1 do Sesc
15/09 Contemporaneidade Amazônica, um olhar sobre o índio 20h Área de convivência do Sesc Esplanada
16/09 Plugue: um desvio imaginativo 10h Teatro 1 do Sesc
16/09 Os Cavaleiros da Triste Figura 18h Parque da Cidade
16/09 À Margem 20h Teatro 1 do Sesc
17/09 Desastro 20h Teatro 1 do Sesc
18/09 Contemporaneidade Amazônica, um olhar sobre o índio 10h Escola pública
18/09 Cuco – A linguagem dos bebês no teatro 18h Teatro 1 do Sesc
18/09 À Margem 20h Área de convivência do Sesc Esplanada
19/09 Segunda pele 20h Teatro 1 do Sesc
20/09 Dança anfíbia 20h Teatro 1 do Sesc
21/09 Animo festas 20h Teatro 1 do Sesc
22/09 P’S 20h Teatro 1 do Sesc

Alvo de polêmicas, animação brasileira Super Drags terá classificação indicativa de 16 anos

Desenho é protagonizado por drag queens que se tornam super-heroínas e vem sendo vítima de notícias falsas na internet

A Netflix anunciou na quarta-feira, 29, que a animação brasileira Super Drags recebeu a classificação indicativa de 16 anos, ou seja, é uma produção que trata de temas considerados impróprios para os menores dessa idade. Segundo as normas definidas pelo Ministério da Justiça, obras com essa classificação contêm “predominantemente conteúdos com inadequações intensas” como violência, sexo ou nudez e drogas.

No vídeo divulgado em primeira mão para o E+, a personagem Vedete Champagne, dublada pela drag Silvetty Montilla, usa do humor que será característico da animação para anunciar a classificação indicativa e fazer piada com os rumores que Super Drags estaria sendo produzido para crianças.

“Tão dizendo por aí que Super Drags é pra criança? Quê? Vocês estão me achando com cara de Galinha Pintadinha?”, diz a personagem. “Vai ter desenho de viado na Netflix, sim! Mas só para maiores de 16 anos”, continua Vedete, ressaltando que a produção não estará disponível no perfil Kids, dedicado à programação infantil e somente com conteúdo com classificação indicativa livre. Veja:

“Para a Netflix as questões de inclusão e diversidade são extremamente importantes, elas estão no núcleo do que a empresa é, demonstra e conduz nossos negócios no mundo inteiro e com isso, faz todo o sentido que uma animação como a Super Drags venha a existir, seja produzida pela gente e que a nossa plataforma permita que as pessoas tenham acesso à ela”, disse um porta-voz da Netflix ao E .

Produzida pelo estúdio de animação brasileiro Combo Estudio, Super Drags ainda não teve sua data de lançamento divulgada.

Fake news

Apesar da plataforma de streaming indicar de maneira clara que se trata de uma animação destinada para adultos (como Rick and Morty, BoJack Horseman e Big Mouth), isso não impediu que grupos de pais, anti-LGBT e religiosos nacionais e internacionais começassem a espalhar notícias falsas dizendo que a Netflix está criando animações para “incentivar a homossexualidade em crianças” e criando campanhas de boicote à plataforma de streaming.- nas últimas semanas.

A repercussão da fake news foi tanta, que a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) divulgou uma nota na segunda-feira, 16, pedindo o cancelamento da animação sob a falsa premissa de que ela estará disponível para crianças. “A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), em nome de cerca de 40 mil especialistas na saúde física, mental e emocional de cerca de 60 de milhões de crianças e adolescentes, vê com preocupação o anúncio de estreia, no segundo semestre de 2018, de um desenho animado, a ser exibido em plataforma de streaming, cuja trama gira ao redor de jovens que se transformam em drag queens super-heroínas”, diz a entidade, se colocando contra a exposição de crianças e adolescentes a conteúdos impróprios na televisão.

O E entrou em contato com a Netflix para esclarecer essas notícias falsas e garantir aos pais e responsáveis que a série Super Drags não estará disponível para crianças. “A Netflix oferece uma grande variedade de conteúdos para todos os gostos e preferências. Super Drags é uma série de animação para uma audiência adulta e não estará disponível na plataforma infantil. A seção dedicada às crianças combinada com o recurso de controlar o acesso aos nossos títulos faz com que pais confiem em nosso serviço como um espaço seguro e apropriado para os seus filhos. As crianças podem acessar apenas o nosso catálogo infantil e colocamos o controle nas mãos dos pais sobre quando e a que tipo de conteúdo seus filhos podem assistir”, disse o porta-voz da plataforma de streaming.

De fato, a Netflix tem um perfil próprio para as crianças, chamado Kids, onde somente produções de classificação indicativa livre estão disponíveis. “Nós não sabemos ainda qual será a classificação indicativa porque a animação ainda está em produção, mas o que nós podemos adiantar é que as crianças não vão achar Super Drags lá. Uma das nossas maiores preocupações é passar para os pais que a nossa plataforma Kids é um ambiente seguro, onde eles podem confiar que seus filhos estão explorando títulos e conteúdos apropriados para a idade deles”, continua.

“Não só a gente precisa manter essa plataforma infantil saudável, porque os pais vão olhar e controlar, mas também colocar nas mãos deles controle absoluto da experiência que seus filhos têm na Netflix”, explica o porta-voz, salientando que mesmo se a criança tiver acesso aos perfis adultos, os pais podem bloquear produções específicas ou de determinada classificação indicativa.

“Para a Netflix as questões de inclusão e diversidade são extremamente importantes, elas estão no núcleo do que a empresa é, demonstra e conduz nossos negócios no mundo inteiro e com isso, faz todo o sentido que uma animação como a Super Drags venha a existir, seja produzida pela gente e que a nossa plataforma permita que as pessoas tenham acesso à ela”, afirma. “A gente programa uma plataforma de conteúdo que pode oferecer uma variedade de conteúdos para atender não só todos os tipos de gostos e preferências, mas também de sensibilidade. Nós sabemos que as pessoas têm sensibilidades diferentes, que não existem duas famílias iguais, que pais e mães pensam diferente e cada um sabe o que é melhor e mais apropriado para as crianças e seus filhos”, conclui.

Fonte: uai.com

Sexy Hot cria grupo de filmes pornô no WhatsApp e no Telegram

O serviço gratuito envia três conteúdos por dia e pretende combater a pornografia ilegal

O Sexy Hot, conhecido como o principal canal de filmes pornográficos do país, lança um serviço para compartilhar fotos e vídeos pornôs de graça por aplicativos como WhatsApp e Telegram. O nome é Grupo da Pelada, referindo ao nome utilizado por amigos que jogam futebol regularmente.

Em nota, o canal informa que “além de promover a diversão, a iniciativa foi desenvolvida principalmente para ajudar combater o consumo da pornografia ilegal, através de conteúdos legais e autorizados”. Além disso, a descrição do serviço afirma que “não tem #Novinha, #RevengePorn nem #CaiuNaNet”.

Para participar, o usuário deve acessar o site. Assim, o número do telefone do participante é adicionado à lista de usuários do serviço. Todos os números serão visíveis para os demais, mas apenas os administradores podem enviar as mensagens. A Sexy Hot enviará três conteúdos por dia nos grupos, entre fotos e vídeos.

Fonte: metropoles

Veja os filmes candidatos à indicação do Brasil para o Oscar 2019

Ministério da Cultura divulgou a lista dos filmes habilitados para concorrer à indicação: lista compreende documentários e ficções

Recomeça a novela da corrida para o Oscar, agora a edição 2019. A Secretaria do Audiovisual, do Ministério da Cultura, divulgou a lista dos filmes habilitados para concorrer à indicação para o Oscar pelo País.

A lista compreende documentários e ficções. Para o melhor filme estrangeiro, a Academia privilegia a segunda categoria. Os longas selecionados projetam uma visão bastante diversa do Brasil. Talvez não seja mera coincidência que, nesta fase de empoderamento feminino, os selecionados sejam dirigidos, ou codirigidos, por mulheres – Aos Teus Olhos, Paraíso Perdido, Benzinho (coescrito pela atriz Karine Teles), As Boas Maneiras, Alguma Coisa Assim, O Animal Cordial, Como É Cruel Viver Assim.

Ao todo foram selecionadas 22 produções, sendo 18 ficções e quatro documentários. O anúncio do escolhido pela Comissão Especial de Seleção será feito em 11 de setembro.

A festa do Oscar está marcada para 24 de fevereiro, em Los Angeles.

Veja a lista completa dos filmes selecionados:

Além do Homem
Direção: Willy Biondani

Alguma Coisa Assim
Direção: Mariana Bastos e Esmir Filho

O Animal Cordial
Direção: Gabriela Amaral Almeida

Antes Que Eu Me Esqueça
Direção: Tiago Arakilian

As Boas Maneiras
Direção: Julia Rojas e Marco Dutra

Aos Teus Olhos
Direção: Carolina Jabor

Benzinho
Direção: Gustavo Pizzi

Canastra Suja
Direção: Caio Sóh

O Caso do Homem Errado
Direção: Camila de Moraes

Como é Cruel Viver Assim
Direção: Julia Rezende

Dedo na Ferida
Direção: Silvio Tendler

O Desmonte do Monte
Direção: Sinai Sganzerla

Encantados
Direção: Tizuka Yamazaki

Entre Irmãs
Direção: Breno Silveira

Ferrugem
Direção: Aly Muritiba

O Grande Circo Místico
Direção: Cacá Diegues

Ex-Pajé
Direção: Luiz Bolognesi

Não Devore Meu Coração
Direção: Felipe Bragança

Paraíso Perdido
Direção: Monique Gardenberg

Talvez Uma História de Amor
Direção: Rodrigo Spada Bernardo

Unicórnio
Direção: Eduardo Nunes

Yonlu
Direção: Hique Montanari

Fonte: metropoles

Porto Velho Shopping lança exposição de carros antigos

Exposição promete relembrar modelos inesquecíveis de fuscas e outros modelos

O Porto Velho Shopping lança, neste domingo (05/08), a exposição de carros antigos, para os amantes do veículo. A exposição promete relembrar modelos inesquecíveis de fuscas e outros modelos. O evento acontecerá na Galeria de Artes, no 2° piso, entre os dias 5 e 12 de agosto das 10h às 22h e é aberto ao público.

Os interessados na ação terão a oportunidade de tirar fotos e conhecer o interior dos veículos, além de um pequeno histórico com as características e peculiaridades de cada peça. O superintendente do shopping Gustavo Lima fala sobre a ação. “ O evento chega para presentear os pais amantes de carros nesse mês tão especial” destaca Lima.

Uma das estrelas que estará exposta no evento é o modelo Ford T Bucket com motor V8. “Esse exemplar é uma das relíquias muito cobiçadas nos eventos que fazemos com carros antigos, o público do shopping com certeza vai se apaixonar”, destaca Rafael Soeiro, presidente do Clube dos Fusqueiros de Rondônia.

Fonte: assessoria

Porto Velho sediará a 1ª Campus Party da Região Norte do Brasil

Importante feira do mundo nas áreas de inovação, criatividade, ciência e entretenimento digital

Da Europa para Porto Velho! A capital de Rondônia foi escolhida para sediar a 1ª Campus Party da Região Norte. A feira de tecnologia acontece de 2 a 5 de agosto na unidade do Sesi na Avenida Rio de Janeiro, onde deve reunir milhares de pessoas com o objetivo de colaborar, aprender e debater os principais assuntos sobre tudo que é relacionado à tecnologia. Entre as atividades desenvolvidas, estão palestras, debates, competições e oficinas que buscam analisar e conhecer as tendências do universo da inovação. Os horários serão das 10h às 20h e no último dia, das 10h às 15h.

Campus Party é um importante festival do mundo nas áreas de inovação, criatividade, ciência e entretenimento digital. Criado na Espanha em 1997, o evento foi concebido na intenção de criar a maior comunidade de informações geek do planeta e incentivar as pessoas a usarem seus talentos e conhecimentos para criar um mundo melhor com a tecnologia.

“Essa é a primeira edição da feira Campus Party na Região Norte, é uma grande oportunidade para a comunidade empreendedora se conectar aos grandes players da inovação no mundo. O evento tem como público alvo a comunidade empreendedora geek, influenciadores digitais, startups e os fanáticos pelo mundo digital”, afirma o Colaborador do Sebrae em Rondônia , Rangel Miranda.

Campus Party já é realizada na Europa e na América Latina e nesta primeira edição em nossa Região, a expectativa é que 30 mil pessoas passem pelo festival durante os cinco dias de evento e que de 2 a 3 mil pessoas participem das atividades profissionais de tecnologia.

O Sebrae em Rondônia preparou o espaço Sebrae On Board, para servir de catalisador das discussões sobre inovação e tecnologia nesta Campus Party Rondônia. Será uma área com vasta programação que oferecerá temas como Modelagem de Negócios, para construção da proposta de valor da ideia. Oficinas como Startup Mundi Game Experience, trazendo o universo das startups para uma linguagem mais palatável e a Prototipe, para desenvolver novos produtos, serviços, processos e estratégias utilizando as peças do famoso jogo lego. Os participantes receberão orientações e mentorias durante todos os dias, além de Pitch Fires, para os campuseiros apresentarem suas ideias de negócio em alguns minutos.

O evento é uma realização do Instituto Campus Party, Governo do Estado; USE Telecom; Telebras; Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e conta com a parceria do Sebrae em Rondônia.

Saiba mais sobre o projeto Startup Way e outras ações acessando sebrae.ro/aceleracao. Você também pode se relacionar com o Sebrae em Rondônia pelo 0800 570 0800 e pelo número de WhatsApp (69) 98130 5656 e ainda pelas plataformas Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube, nas redes sociais do Sebrae RO.

Fonte: Mário Antônio Veronese –  Sebrae