Operação da Polícia Civil prende suspeitos de emitir certificados falsos em Porto Velho

Uma operação da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas – DRACO/PC-RO, com apoio de Auditores-Fiscais do Trabalho do Ministério do Trabalho, prendeu na manhã desta quinta-feira (13), dois instrutores suspeitos de venda de certificados de treinamentos em segurança e saúde no trabalho em Rondônia. A Operação Aprendiz ainda cumpriu 16 mandados de busca e apreensão em residências, empresas e órgãos públicos e 6 medidas cautelares diversas da prisão.

Investigação teve início após uma série de acidentes de trabalho graves e fatais envolvendo trabalhadores do setor elétrico, principalmente terceirizados da CERON, adquirida recentemente pela Energisa S.A. Constataram-se indícios de emissão de diversos certificados falsos ou emitidos irregularmente de cursos de formação de eletricistas, de segurança em trabalho com instalações elétricas (NR-10) e segurança no trabalho em altura.

Entre os presos estão um técnico em segurança do trabalho da CERON e um conselheiro do CREA-RO e servidor do DER-RO.

Fonte: rondoniagora

2 Comentários

  • Admiro o seu trabalho, Alan. Peço que faça uma matéria sobre como o IPEM RO realiza perícia em medidor de energia. Por favor, não entreviste comissionados, nem diretor técnico, nem presidente…entreviste o Fiscal ESPECIALISTA EM METROLOGIA, e vc ficará horrorizado com as informações. Eles são de nível médio, com atribuições de nível superior.

  • Admiro o seu trabalho, Alan. Peço que faça uma matéria sobre como o IPEM RO realiza perícia em medidor de energia. Por favor, não entreviste comissionados, nem diretor técnico, nem presidente…entreviste o Fiscal ESPECIALISTA EM METROLOGIA, e vc ficará horrorizado com as informações. Eles são de nível médio, com atribuições de nível superior.

Deixe uma resposta