Revoltado, homem destrói o próprio carro apreendido em blitz; veja

O veículo era usado para trabalho e é avaliado em R$ 800

Um homem ficou revoltado após ter sua caminhonete, uma Rural, ser apreendida em uma blitz de trânsito feita pela Polícia Militar (PM) em Londrina, no norte do Paraná, na tarde de terça-feira (7).

De acordo com a PM, os policiais encontraram várias irregularidades no veículo e no condutor. Primeiro, o homem que dirigia o veículo não seria habilitado. Questionado se seria o dono da caminhonete, o condutor teria afirmado que sim porém o documento estava em nome de uma outra pessoa, o que gera multa por “entregar o veículo para condução a pessoa não habilitada”.

Além disso, o carro tinha débitos vencidos de IPVA, multas e licenciamento que ultrapassam R$ 2 mil.

O veículo era usado para trabalho e é avaliado em R$ 800.

Após a apreensão, o homem ficou revoltado. Ele pegou uma corrente e destruiu os vidros, espelhos, faróis e a lataria da caminhonete. Depois de dois minutos, ele deixa o local. Toda a ação foi flagrada por moradores. Veja:


Homem destrói o próprio carro após apreensão por painelpolitico

Se quiser reaver o veículo, o homem terá que quitar todos os débitos, multas e pagar as diárias do pátio. Além disso, terá que pagar também o guincho e contar com a ajuda de um condutor habilitado e, claro, reformar a caminhonete.

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário