Rondônia integra o novo Consórcio Brasil Central que pretende desenvolver seis setores

Governadores de cinco estados e do Distrito Federal participam nesta quarta-feira (11) de audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR). Na pauta, o recém-criado Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central, bloco econômico formado pelo DF, estados do Centro-Oeste, além de Tocantins e Rondônia. O consórcio deve atuar principalmente em seis setores: agropecuária, educação, empreendedorismo, industrialização, inovação e logística.

Na abertura, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, destacou o alcance da iniciativa, que abrange 25% do território brasileiro e 20 milhões de brasileiros.

O governador de Tocantins, Marcelo Miranda, lembrou a importância do agronegócio:

– Um em cada 10 brasileiros mora na região central do Brasil. O PIB dos estados representa 11,2% da riqueza nacional, e o agronegócio é oportunidade para a reestruturação da economia do país – afirmou, depois de chamar atenção para a força dos seis governadores, dos 57 deputados federais e dos18 senadores que representam a região.

O consórcio tem natureza autárquica, com autonomia administrativa e financeira, receita e patrimônio próprios. Cada unidade da federação vai contribuir, anualmente, com R$ 1,9 milhão. A sede será em Brasília. O presidente é o governador de Goiás, Marconi Perillo, eleito na terça (10).

O presidente da CDR, Davi Alcolumbre (DEM-AP), coordena a reunião. O requerimento para o debate é da senadora Simone Tebet (PMDB-MS).

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

1 thought on “Rondônia integra o novo Consórcio Brasil Central que pretende desenvolver seis setores

Participe do debate. Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: