Roy Nelson nocauteia Pezão e chuta árbitro após o duelo no UFC Brasília

Godofredo Pepey e Massaranduba vencem, enquanto Marreta foi finalizado no primeiro round

Não foi dessa vez que Antônio Pezão voltou a vencer no UFC. Na quarta luta do card principal do UFC Brasília, realizado neste sábado (24), o brasileiro foi nocauteado por Roy Nelson no segundo round da luta, acumulando seu terceiro resultado negativo consecutivo. Com seis derrotas e apenas uma vitória nos últimos oito duelos que realizou, Pezão corre sério risco de demissão. Nelson, por sua vez, afastou a má fase e voltou a vencer após ser derrotado por Derrick Lewis, em julho passado. Após o fim do combate, Nelson, irritado por achar que o árbitro Big John McCarthy demorou para interromper a luta, chutou Big John e pode ser punido pela atitude (assista ao vídeo abaixo).

A luta começou com os dois circulando no octógono e se estudando. Pezão, mais precavido em relação as lutas anteriores, evitava ficar no raio de ação de Nelson e atacava no contra-ataque. Roy Nelson acertou um cruzado de direita, bem absorvido pelo brasileiro, que revidou com um chute na linha de cintura. O norte-americano buscou o clinche e pressionou Pezão na grade até a buzina soar.

Pezão voltou para o primeiro mantendo a postura cautelosa, enquanto Nelson o perseguia pelo octógono. Roy conectou dois golpes potentes no rosto do brasileiro, que sentiu. O norte-americano continuou pressionando e acertando Pezão, e após o brasileiro tentar um chute na linha de cinturão, Nelson jogou um cruzado de direita certeiro, derrubando o brasileiro. Com o adversário no chão, precisou de apenas mais alguns golpes para dar números finais ao combate.

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário