Rússia diz ter encontrado provas de uso de armas químicas em Aleppo

Pesquisadores dizem que substâncias como bombas de cloro e fósforo branco são usadas na Síria

Especialistas militares russos encontraram evidências de que militantes da cidade síria de Aleppo fizeram uso de armas químicas, segundo informou o Ministério da Defesa da Rússia.

De acordo com o major-general Igor Konashenkov, porta-voz da pasta, as análises preliminares indicam que as substâncias utilizadas devem ser bombas de cloro e fósforo branco.

“Enquanto conduziam exercícios de reconhecimento na área 1070 (subúrbio do sudoeste de Aleppo), os oficiais do centro científico das Tropas Russas de Defesa Radiológica, Química e Biológica acharam evidências de uso de armas químicas por terroristas contra a população civil e os soldados sírios”, disse Konashenkov.

Ainda segundo o porta-voz, os especialistas também encontraram explosivos com agentes químicos não detonados e retiraram amostras do solo em áreas onde os extremistas usaram essas armas químicas.

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Participe do debate. Deixe seu comentário