Salário do Rei Pelé rende críticas de santistas

A eleição para a presidência do Santos, marcada para 6 de dezembro, deve afetar até Pelé, segundo informações do colunista do DIÁRIO, Jorge Nicola. Os quatro candidatos de oposição consideram absurdo o atual contrato de uso da imagem do Rei do Futebol, que ganha R$ 80 mil por mês e não faz qualquer grande ação há dois anos.“A gente tem o melhor garoto-propaganda do mundo e o utiliza da pior maneira possível”, condena Fernando Silva, que chegou a fazer parte da diretoria santista até 2011 e, atualmente, combate a situação.

A última participação efetiva de Pelé com o Peixe ocorreu em um comercial do programa Sócio-Rei, em novembro de 2012, quando ele se passava por um entregador de pizzas e fazia a alegria de associados.

De lá pra cá, os esvaziados cofres do Alvinegro praiano já viram sair R$ 1,9 milhão para Pelé sem qualquer retorno. Detalhe importante: por contrato, o clube tem direito a utilizá-lo para gravações dois dias ao ano, além de contar com sua presença em outros dois eventos anuais.

O vínculo com o Rei do Futebol se encerra este ano. Meses atrás, enquanto ainda pensava em tentar a reeleição, Odílio Rodrigues chegou a cogitar a hipótese de um contrato vitalício com Pelé, o que não vingou.
Fonte :Diario de SP

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário