Salário mínimo deveria ser de R$ 3.399,22, segundo Dieese

O salário mínimo no Brasil deveria ser de R$ 3.399,22, de acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

Segundo a instituição, é este o valor suficiente para suprir as despesas de uma família de quatro pessoas “com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência”.

O cálculo da Dieese é feito mensalmente com base no valor da cesta básica mais cara, atualmente a de Porto Alegre, seguida de São Paulo. Todas as capitais tiveram alta na cesta básica no mês.

O valor do salário mínimo necessário em novembro subiu em relação a outubro (R$ 3.210,28) e é o mais alto da série histórica, além de ser mais de 4,3 vezes maior do que o salário mínimo atual (R$ 788).

Em novembro de 2014, o valor necessário para suprir todas as despesas básicas era de R$ 2.923,22, ou 3,7 vezes o salário mínimo então em vigor (R$ 724,00).

O Orçamento de 2016 prevê salário mínimo de R$ 865,50, uma alta de 9,8% em relação ao atual.

A lei determina que o reajuste anual do salário mínimo tem como base a soma da variação do INPC (inflação para população de baixa renda) no ano anterior, acrescido da taxa de crescimento real do PIB dois anos antes.

Veja o valor do salário mínimo da Dieese nos últimos meses:

Anúncios
Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

1 thought on “Salário mínimo deveria ser de R$ 3.399,22, segundo Dieese

  1. so nos estudos mesmo viu kkk
    pq na vida real so nada , brasil estilo europa mesmo so nas planilhas
    #painelpolitico

Participe do debate. Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: