Um dos apenados que aparece no vídeo foi identificado e pede desculpas; jovens fazem sátira

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Porto Velho – Circulou nos grupos de Whatsapp de todo o Estado na semana passada um vídeo onde aparecem três supostos detentos (ou ex-detentos) mandando um “salve” (ameaças veladas) para agentes penitenciários e policiais militares de Rondônia, inclusive com a citação de nomes que supostamente seriam mortos. O vídeo tem cerca de 13 minutos, e eles chegam a ameaçar inclusive as agentes mulheres que segundo eles “desacredita do crime” e que elas iriam “pegar tiro na cara”.

Eles chegam a fazer graves denúncias contra agentes, acusando-os de maltratos, de desrespeitar seus parentes em dias de visita e fazem diversos xingamentos contra os servidores do Estado. Veja o vídeo abaixo:

 

Dias depois, um outro vídeo passou a circular, dessa vez mostrando um homem preso em um camburão da Polícia Militar que afirma “não ter sido nada sério”, que “tudo não passou de uma bobagem”. Pela voz dá para reconhecer que é um dos mascardos que aparecem no primeiro vídeo, confira:

E desde a última terça-feira que um terceiro vídeo vem circulando, mostrando um trio de jovens que não se identificam, fazendo uma série de piadas, parodiando o primeiro. Este se tornou um viral e para entendê-lo é necessário assistir ao primeiro. Confira:

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário