Senado aprova PEC do teto por 53 votos a favor e 16 contra

Proposta de emenda constitucional estabelece um limite dos gastos públicos para os próximos 20 anos

O Senado aprovou, nesta terça-feira (13), por 53 votos a favor e 16 contra, o segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece um teto para os gastos públicos para os próximos 20 anos.

A PEC já havia sido aprovada em primeiro turno pelo Senado, por 61 votos a 14, em 30 de novembro. Mas, por se tratar de uma mudança na Constituição, o texto ainda precisava passar por uma segunda votação. As informações são do G1.

Considerada por governistas como essencial para o reequilíbrio das contas públicas, é duramente criticada por senadores da oposição, sendo, inclusive, apelidada de “PEC da maldade”.

Durante a votação desta terça, menifestações foram registradas em pelo menos sete Estados do país.

Deixe um comentário