Senado cede terreno para Universidade da ONU no Brasil

O Senado vai emprestar um terreno para a construção da futura sede administrativa e reitoria da Universidade de Segurança da Organização das Nações Unidas no Brasil. O acordo para a cessão foi assinado pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira, e pelo ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, e publicado na semana passada. O anúncio foi feito pela diretora-geral do Senado, Ilana Trombka, durante a abertura da Convenção Sobre Políticas Públicas e a Percepção da Corrupção na América Latina, na segunda-feira (6), em Buenos Aires, Argentina.

O lote, cedido há quase 15 anos pela União para que o Senado construa sua Escola de Governo, deverá, conforme o novo entendimento, manter sua destinação original de abrigar edificações voltadas para atividades de ensino e de cultura. A decisão, disse Ilana, é uma medida prática do Senado no campo da educação e demonstra como a Casa apoia a ideia da universidade, que será voltada para estudos de segurança pública, controle da criminalidade e desenvolvimento humano. A universidade, acrescentou ela, deve contribuir para que o Brasil assuma o protagonismo na busca de soluções de combate à violência perante o mundo.

A ação se soma à iniciativa do Senado de realizar um curso de especialização em Justiça Social, Criminalidade e Direitos Humanos, que vai começar em abril de 2018 e será promovido pelo Instituto Legislativo Brasileiro (ILB) e por outras escolas de governo do Legislativo.

De acordo com o diretor-executivo do ILB, Helder Rebouças,  o órgão está pronto para desenvolver as atividades do curso e, com isso, disparar a instalação da futura Universidade da ONU no Brasil. Ele lembra que essas ações foram listadas como prioritárias pelo próprio presidente do Senado, Eunício Oliveira.

O curso de pós-graduação lato sensu será promovido pelo ILB do Senado em parceria com as escolas de governo da Câmara dos Deputados e do Tribunal de Contas da União, e também pelo Instituto Latino-Americano das Nações Unidas para Prevenção do Crime e Tratamento do Delinquente (Ilanud), órgão da ONU.

Também participou do evento em Buenos Aires o ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barros.

Fonte: agenciasenado

Anúncios
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário