Sueca morta no Acre viajava o mundo e divulgava em site suas aventuras

Entre os países visitados pelo casal estão nações como Austrália, Argentina, Bolívia e Chile

O casal sueco Emil Böner e Johanna Charlotte Eklö, vitimado em um acidente na BR-317 nesta ultima terça-feira (15) na região de Epitaciolândia, estado do Acre, faziam expedições por todo o mundo e eram renomados no mundo do ciclismo de aventura.

Eles mantinham um site na internet onde expunham fotografias de suas expedições, os últimos registros publicados pelo casal foram em agosto desse ano no Peru enquanto realizavam a travessia pela América Latina que terminou de forma trágica em solo acreano. Em suas viagens o casal gostava de interagir com as comunidades locais e conhecer a cultura de cada região visitada.

Casal foi atropelado no Acre. Ela morreu, ele está internado com traumatismo craniano
Casal foi atropelado no Acre. Ela morreu, ele está internado com traumatismo craniano

Entre os países visitados pelo casal estão nações como Austrália, Argentina, Bolívia e Chile.

O consulado da Suécia na cidade de Manaus, estado do Amazonas, afirmou que aguarda apenas as coordenadas da embaixada em Brasília para o translado do corpo. A embaixada da Suécia em Brasília garantiu que está em contato com as famílias dos suecos para realizar todos os procedimentos necessários. O corpo de Johanna Charlotte Eklo foi traslado para a cidade de Rio Branco

O namorado de Johanna, o sueco Emil Bõner permanece internado no Hospital de Pronto Atendimento do estado do Acre onde recebe todos os cuidados clínicos necessários.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]

De acordo com o último boletim médico Emil apresenta traumatismo craniano grave, fratura na clavícula e múltiplas escoriações pelo corpo. Veja o site do casal CLIQUE AQUI.

Em seu perfil no site, Johanna assim descrevia suas aventuras, “Crescendo no campo sueco com um desejo de descobrir o mundo exterior além da fazenda do meu pai . Assim que eu terminei o colegial eu saí. Minha primeira aventura me levou para a América do Sul e, desde então, eu vi natureza deslumbrante e conheci pessoas de todo o mundo. Durante minhas viagens eu às vezes sentia-me limitada por horários de ônibus, opções de rota e aborrecimentos de acomodações. Em 2012 eu encontrei uma maneira mais sustentável e mais livre de viajar … cicloturismo.”

Motorista irá responder por homicídio culposo

O motorista José Ribamar Júnior, que conduzia o automóvel WV/Up que acabou colidindo com um casal de ciclistas suecos que percorriam o mundo de bicicleta e cruzavam a BR-317 no estado do Acre prestou depoimento à Delegacia de Polícia Civil na cidade de Epitaciolândia.

Em seu esclarecimento à justiça, ainda no mesmo dia do acidente, terça-feira (15), o motorista alegou que estava em uma velocidade entre 100 e 110 km no momento em que colidiu subitamente com o casal.

Ele afirmou ainda que foi tudo muito rápido e que não conseguiu evitar a colisão que tirou a vida de Johanna Charlotte Eklö e deixou o seu namorado, Emil Böner, em estado grave na unidade de Pronto atendimento de Rio Branco.

De acordo com o delegado da unidade da Polícia Civil em Epitaciolândia, Mardilson Vitorino de Siqueira, região onde aconteceu o acidente, o motorista foi ouvido e liberado logo em seguida para seguir viajem até sua residência localizada na cidade de Rio Branco.

“O motorista confirmou que estava trafegando além do permitido na rodovia, logo após o acidente ficou para prestar o atendimento e também realizou o teste do bafômetro que não deu nenhum indicio de consumo de bebida alcoólica”, disse o delegado Mardilson Vitorino.

José Ribarmar Junior irá responder por homicídio culposo, onde não existe a intenção de matar, dentro de dez dias o inquérito será apurado e apresentado pela Polícia Civil do estado do Acre.

English version

Among the countries visited by the couple include countries like Australia, Argentina, Bolivia and Chile

The Swedish couple Emil boner and Johanna Charlotte Eklo, victim in an accident on the BR-317 in this last Tuesday (15) in the region of Epitaciolândia, Acre, made expeditions around the world and were renowned in the world of adventure cycling .

They maintained a website where exposed photos of his expeditions, the last records were published by the couple in August this year in Peru while doing the crossing in Latin America that ended tragically in Acre soil. In their travels the couple enjoyed interacting with local communities and know the culture of each country visited.

Among the countries visited by the couple include countries like Australia, Argentina, Bolivia and Chile.

The consulate of Sweden in the city of Manaus, Amazonas State, said that only awaits the embassy in Brasilia coordinates for body transfer. The Embassy of Sweden in Brasilia assured that is in contact with the families of Swedes to carry out all necessary procedures. The body of Johanna Charlotte Eklo was transferred to the city of Rio Branco

The Johanna boyfriend, the Swedish Emil Boner remains hospitalized in Ready Hospital Acre State Service which receives all the necessary clinical care.

According to the latest medical bulletin Emil presents severe head injury, fractured collarbone and multiple bruises throughout the body. See the site of the couple CLICK HERE.

Profile on the site, Johanna thus described his adventures, “Growing up in the Swedish countryside with a desire to discover the outside world apart from my father’s farm. As soon as I finished high school I left. My first adventure took me to America South and since then, I saw beautiful nature and met people from all over the world. During my travels I sometimes felt limited by bus schedules, route options and accommodations hassles. In 2012 I found a more sustainable way and freer to travel … touring. ”

Driver will respond with manslaughter

The driver José Ribamar Junior, who was driving the car WV / Up that ended up crashing into a couple of Swedish riders who roamed the bike world and crossed the BR-317 in the state of Acre testified to the Civil Police Precinct in the city of Epitaciolândia.

In his explanation to justice, on the same day of the accident, Tuesday (15), the driver claimed he was at a speed between 100 and 110 km at the time suddenly collided with the couple.

He said even though it happened so fast and he could not avoid the collision that took the life of Johanna Charlotte Eklo and left her boyfriend, Emil boner in serious condition at Rio Branco care Ready unit.

According to the chief of the civil police unit in Epitaciolândia, Mardilson Vitorino de Siqueira, a region where the accident happened, the driver was heard and released shortly thereafter to continue traveling to his residence located in the city of Rio Branco.

“The driver confirmed that it was beyond the permissible traveling on the highway, right after the accident was to provide the service and also conducted the breathalyzer test that gave no hint of alcohol consumption,” said the delegate Mardilson Vitorino.

Com informações do Acreaovivo

Anúncios
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário